Conecte-se connosco

Região

HIESE celebra 50 projetos empresariais nascidos em Penela (com videos)

Publicado

em

“A ruralidade não é o contrário do empreendedorismo” disse hoje a ministra da Coesão Territorial na cerimónia que assinalou hoje a 50.ª empresa criada no Habitat de Inovação Empresarial nos Sectores Estratégicos (HIESE) de Penela. Ana Abrunhosa afirmou que segue “com o coração” o trabalho do HIESE e do IPN e que convida todos os que duvidam da existência de inovação e tecnologia no interior a visitar Penela para “aprender como se constrói um interior com futuro”.

Para o presidente da Câmara local, Penela qualificou-se para ser atrativa para as empresas desta tipologia o que se comprova com pela já meia centena de empresas nascidas na incubadora. Luis Matias regozija-se com o sucesso dos projectos nascidos no HIESE e revela que alguns estão a crescer e por isso a necessitar de novos espaços, para todos os colaboradores, realçando assim a criação local de emprego.

Durante a sessão, onde intervieram o diretor do HIESE, a diretora do IPN e a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, foram apresentados três projetos empresariais de origem internacional promovidos por empreendedores estrangeiros. Ricardo de Mello Awazu é um empreendedor brasileiro com vasta experiência na área da energia, que se mudou com a sua família para Portugal em 2016 para frequentar o doutoramento do programa MIT, na Faculdade de Economia da UC. A S&DG é participada pela Portugal Ventures e encontra-se a desenvolver um sistema inovador de armazenamento e produção de energia. Está em incubação no HIESE desde 1 de março de 2018 e teve uma menção honrosa no âmbito do concurso de empreendedorismo do projeto Smart Rural Smart HIESE financiado pelo SIAC – Sistema de Apoio a Ações Coletivas do Programa Centro 2020.

Mohmmad Manafikhe, de origem Síria, é licenciado em Engenharia Informática e reside, atualmente, em Madrid. Este empreendedor está ligado há cerca de uma década à comercialização de produtos alimentares. Está a constituir uma empresa com sede no HIESE e a desenvolver o seu plano de negócios para instalar uma fábrica em Penela para a produção de óleo de sésamo (Tahini), prevendo, para o efeito, mudar-se com a sua família para este município. O projeto empresarial “Casa de Tahini” está em incubação no HIESE desde 1 de maio de 2021.

Ilya Borin é israelita e reside com a família no Espinhal (em Penela) há cerca de 4 anos. Está em incubação no HIESE desde 1 de julho, a elaborar o seu plano de negócios para a criação de uma empresa de desenvolvimento de software. Trabalha há 10 anos para uma empresa de com base em Tel Aviv, a TandemG, estando desde que se mudou para Penela a gerir diversos projetos remotamente. A sua ideia de negócio assenta na criação de uma nova empresa, a TandemP, sucursal da casa mãe, para abordar o mercado nacional e estabelecer equipas de trabalho que prestem serviços à TandemG. É a 50ª empresa/projeto empresarial a ser apoiada pelo HIESE.

O HIESE (www.smartrural.pt) é uma incubadora de base rural, que resulta de uma parceria entre o Município de Penela e a IPN Incubadora. Desde a criação em 2016 e desde a entrada em vigor da parceria para a implementação do modelo de gestão em 2017, foram apoiadas 50 empresas e projetos empresariais, de que resultaram 14 novas startups e estão neste momento em incubação 33 empresas ou projetos empresariais.

Veja as entrevistas e a sessão nos diretos Notícias de Coimbra.

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com