Conecte-se connosco

Helena Teodósio propõe novo ciclo de progresso para o Município de Cantanhede

Publicado

  em

 

“Construir, Qualificar, Cooperar e Desenvolver” foi o mote da apresentação da candidatura de Helena Teodósio à presidência da Câmara de Cantanhede, numa sessão que decorreu em 25 de junho, no auditório Biblioteca Municipal, com a presença do presidente do Partido Social Democrata, Pedro Passos Coelho.

unnamed (10)

Mais de 300 pessoas quiseram ouvir a candidata falar do projeto que vai submeter a sufrágio nas eleições autárquicas do próximo dia 1 de outubro, um projeto que, conforme afirmou, “irá dar resposta cabal aos novos desafios que se perspetivam para o concelho de Cantanhede.

“Sinto-me extremamente honrada, não apenas pela confiança que me depositaram, mas também pela oportunidade que me é dada de poder continuar a servir o meu concelho, a minha terra e todos quantos nela vivem e trabalham”, declarou Helena Teodósio.

Depois de agradecer à família “o suporte de todas as horas, num ambiente sereno e solidário que envolve os meus dias e que me permite voar sem medo, com o conforto da sua compreensão e segurança”, Helena Teodósio manifestou-se “consciente de que as exigências do cargo” a que se candidata “são acentuadas pelas expetativas decorrentes do legado do executivo camarário a que tenho o maior orgulho em pertencer”.

Para atual vice-presidente da autarquia cantanhedense, a candidatura que protagoniza “é de algum modo fiel depositária desse legado, o que me confronta com a responsabilidade acrescida de honrar um património que ajudei a erguer. É isso irei fazer, cumprindo o dever de lealdade que sinto, em primeiro lugar e antes de mais, para com os munícipes de Cantanhede e também para com a equipa com quem tive o privilégio de trabalhar”.

A este respeito, a candidata social-democrata deixou um voto de reconhecimento a João Moura, destacando “a dinâmica que soube imprimir à atividade da autarquia e pela assertividade da sua ação política, mesmo nas circunstâncias mais adversas”, e lembrou Jorge Catarino, “cujos mandados marcaram uma viragem na gestão do Município de Cantanhede”.

Assegurando que não é de “fazer promessas, mas sim de assumir compromissos”, Helena Teodósio referiu que os principais eixos da matriz do seu programa assentam nos conceitos de “construir, na aceção de melhorar continuamente as infraestruturas e os equipamentos coletivos que concorrem para a valorização da base económica e para a coesão social, qualificar continuamente as respostas da autarquia aos mais diversos níveis, cooperar com as forças vivas locais no reforço da competitividade do concelho e desenvolver de modo integrado os fatores que favorecem a elevação dos padrões de qualidade de vida dos munícipes, facultando-lhes as condições que lhe permitam a sua realização do ponto social, cultural e profissional”.

unnamed (11)

A intervenção de Pedro Passos Coelho começou com a manifestação de “grande orgulho por participar nesta sessão que assinala a passagem de testemunho de João Moura para a Helena Teodósio, sobretudo porque o que se passou em Cantanhede configura uma obra que aconteceu porque as pessoas certas se dedicaram a um projeto que foi pensado, foi preparado e foi devidamente executado”.

A sessão serviu também para apresentar João Moura como candidato do PSD à presidência da Assembleia Municipal e foi nessa qualidade que o atual presidente da Câmara falou sobre “os 12 anos dedicados à condução de um processo de desenvolvimento que, não obstante os obstáculos e as contrariedades que se viveram em certos períodos, reverteu em avanços consideráveis na consolidação do processo de desenvolvimento do concelho”.

O lançamento da candidatura de Helena Teodósio “terminou em ambiente de festa” com a apresentação dos candidatos a presidentes de junta de freguesia:

 

Ançã: Cláudio Cardoso, Técnico Oficial de Contas

Cadima: Marise Pessoa, Gestora

Cantanhede/Pocariça: Aidil Machado, Professora

Covões/Camarneira: Asdrúbal Torres, Empresário

Cordinhã: Abílio Cadima: Empresário

Febres: Carlos Alberto dos Santos Alves, Professor

Murtede: Carlos Fernandes, Farmacêutico

Ourentã: Nelson Maia, Empresário Agrícola

Portunhos/Outil: Paulo Santos, Eng.º Electrotécnico

Sanguinheira: Euclides Vinagreiro, Técnico Oficial de Contas

São Caetano: Eduarda Pedro, Técnica Administrativa

Sepins/Bolho: Luís Arromba, Técnico Farmacêutico

Tocha: Fernando Pais Alves, Gerente Bancário

Vilamar/Corticeiro: Egídio Patrão, Enfermeiro

 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com