Conecte-se connosco

Saúde

Helder Mota Felipe eleito novo bastonário da Ordem dos Farmacêuticos

Publicado

em

 Helder Mota Felipe foi eleito como novo bastonário da Ordem dos Farmacêuticos para os próximos três anos, após ter ganho as eleições de sábado com 65% dos votos, sucedendo no cargo a Ana Paula Martins, foi hoje anunciado.

A Lista A, liderada por Helder Mota Filipe, foi a vencedora do sufrágio para os órgãos nacionais, contabilizando 3.889 votos (65%), enquanto a lista B, encabeçada por Franklim Marques, registou 1.912 votos (32%), adiantou a Ordem dos Farmacêuticos (OF) em comunicado.

Ao todo, participaram no ato eleitoral 5.976 farmacêuticos (42% dos eleitores), a grande maioria dos quais por via eletrónica (96%).

As eleições para os órgãos sociais da Ordem dos Farmacêuticos no triénio 2022-2024 terminaram no sábado com a realização da votação presencial, nas sedes das Secções e Delegações Regionais da OF, em Lisboa, Porto, Coimbra, Funchal e Angra do Heroísmo, e contagem dos votos expressos também por via eletrónica e por correspondência.

Professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, membro da Comissão de Ética para a Investigação Clínica e presidente da Associação de Farmacêuticos dos Países de Língua Portuguesa, Helder Mota Filipe assume agora os destinos da OF e a representação dos farmacêuticos portugueses até ao início de 2025.

Os resultados finais do escrutínio determinaram também a eleição dos representantes dos farmacêuticos a nível regional.

Entre as duas listas candidatas à Secção Regional do Norte, a lista E, liderada por Félix Carvalho, foi a mais votada, com 1.114 votos (53%), contra os 931 votos (44%) da lista F, encabeçada por Célia Alves da Silva.

Segundo a OF, na Secção Regional do Centro, a lista C, liderada por Anabela Mascarenhas, registou 650 votos (60%), contra os 382 votos (35%) da lista D, encabeçada por Paulo Fonseca.

Na Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas, a lista G, liderada por Luís Lourenço, obteve 1.768 votos (63%), enquanto a lista H, encabeçada por Sérgio Joaquim, alcançou 710 votos (25%).

A lista vencedora inclui ainda os delegados regionais da OF na Madeira e nos Açores.

“Tiago Magro renova assim o seu mandato na representação dos farmacêuticos madeirenses, enquanto nos Açores a representação fica agora a cargo de Juliana Matos”, adiantou a Ordem.

Nas eleições para os Conselhos dos Colégios de Especialidade, a lista I, presidida por Leonor Correia, venceu com 223 votos (60%) para o Conselho do Colégio de Especialidade de Análises Clínicas e Genética Humana, contra os 120 votos (33%) da lista J, encabeçada por Gizela Santos.

No outro Colégio de Especialidade com duas listas candidatas, registaram-se 178 votos (37%) na lista M, presidida por Isabel Sanches, contra 261 votos (54%) na lista L, liderada por Carolina Mosca, que renova assim o mandato na presidência do Conselho do Colégio de Especialidade de Farmácia Comunitária.

Para o Conselho do Colégio de Especialidade de Farmácia Hospitalar foi eleita a única lista a sufrágio, a lista N, presidida por João Ribeiro, com 427 votos, o mesmo acontecendo com o Conselho do Colégio de Especialidade de Indústria Farmacêutica, com a eleição da lista O, liderada por Paula Teixeira, que obteve 136 votos.

Apenas o Colégio de Especialidade de Assuntos Regulamentares não registou qualquer lista candidata, pelo que o Conselho vigente assegura o seu funcionamento até ao agendamento do respetivo ato eleitoral.

A tomada de posse do novo bastonário e restantes órgãos nacionais, regionais e Conselhos dos Colégios de Especialidade deverá ocorrer no prazo máximo de 30 dias.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com