Cidade

Há um novo União de Coimbra…mas o velho ainda não morreu!

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 11-04-2016

Notícias de Coimbra apurou junto do Registo Nacional de Pessoas Colectivas que uma das entidades que podem suceder ao insolvente Clube de Futebol União de Coimbra se designa CLUBE UNIÃO 1919,tendo já o Número Provisório de Pessoa Colectiva: 513935924.

PUBLICIDADE

00

A aprovação do nome da nova entidade não foi fácil, pois nos últimos meses foram recusados vários pedidos de firma onde se combinavam nomes como União, Futebol, Coimbra e Clube, tendo o RNPC acabado por aprovar este Clube União 1919, correspondendo o “1919” à data de fundação do agora “comatoso” Clube de Futebol União de Coimbra.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Quando já se pensava que o velho clube não tinha mais nada para dar, NDC teve conhecimento que Carlos Manuel Ramos dos Santos  foi junto do Tribunal de Coimbra (Instância Local – Secção   Cível – J1) onde corre o processo de insolvência pedir para que o Clube de Futebol União de Coimbra lhe pague montante de €: 6.000,00.

PUBLICIDADE

O Tribunal informou hoje que credores da massa insolvente podem contestar a presente acção, na qual pretende o autor que seja verificado o seu crédito

A Comissão que pretende (re)fundar o União de Coimbra afirmou no final de março que, “não obstante o mandato que lhe foi conferido e legitimado por mais de 200 sócios e simpatizantes do União de Coimbra, em reunião de 5 de Março”, “se vê impossibilitada, não só de pôr em prática as decisões já tomadas e que urge colocar no terreno, como também acompanhar atentamente todos os aspetos relacionados com o clube”.

No entanto, a recém-formada comissão de gestão continua a envidar todos os esforços para criar uma nova realidade no clube.

A Comissão não refere o que está a impossibilitar o seu trabalho, mas Notícias de Coimbra sabe que existem grandes divergências com Carlos Félix, que nos últimos anos tem assumido as rédeas do poder no falido União de Coimbra.

Foi no passado mês de fevereiro que o Tribunal Constitucional confirmou a insolvência do União de Coimbra, confirmando o que se adivinhada desde os tempos em que inventaram que uns ingleses queriam salvar o clube que ostenta a  Cruz de Santiago.

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE