Conecte-se connosco

Crimes

Grupo acusado de usar crianças para traficar droga começou a ser julgado

Publicado

em

O Tribunal de Aveiro começou hoje a julgar 11 pessoas, seis das quais em prisão preventiva, suspeitas de tráfico de estupefacientes, sendo que algumas delas estão acusadas de utilizar os filhos menores na entrega da droga aos consumidores.

A primeira audiência do julgamento ficou marcada pela identificação dos arguidos e pela leitura da acusação do Ministério Público (MP), que durou toda a manhã.

Um dos arguidos não compareceu à audiência de julgamento, tendo sido emitidos mandados de detenção para que compareça na próxima sessão que irá ter lugar no dia 19.

Nesse dia, serão ouvidos os dois únicos arguidos que manifestaram intenção de falar nesta fase do julgamento.

Os arguidos, quatro homens e sete mulheres, com idades entre os 19 e 55 anos, estão acusados de um crime de tráfico de estupefacientes agravado, por se indiciar a distribuição de produto estupefaciente por elevado número de pessoas.

A acrescer a esta circunstância foram igualmente imputadas, a quatro desses arguidos, outras agravantes tais como a obtenção de avultada compensação económica, a realização de transações nas imediações de um estabelecimento de ensino ou a utilização de crianças nessa atividade.

Três arguidos estão também acusados de um crime de detenção de arma proibida.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), os arguidos vinham-se dedicando, pelo menos desde janeiro de 2019, à venda de heroína, cocaína e haxixe a outros revendedores e a consumidores que os procuravam para o efeito, em vários locais dos municípios de Aveiro, Ílhavo, Águeda e Mira.

O MP formulou um pedido de perda a favor do Estado das vantagens patrimoniais obtidas pelos arguidos com a prática dos factos, totalizando cerca de 331 mil euros, sendo que, relativamente a três dos acusados, o valor ultrapassou os 120 mil euros.

Os arguidos foram detidos em julho de 2020, durante uma operação da Polícia Judiciária que incluiu a realização de 37 buscas, tendo sido apreendido diverso produto estupefaciente, nomeadamente liamba, haxixe e cocaína, bem como algumas armas de fogo, caçadeiras, pistolas e diversas munições.

Todos os detidos já possuíam antecedentes criminais ou referências policiais pelo mesmo tipo de crime, tendo alguns deles cumprido já penas de prisão efetivas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com