Conecte-se connosco

Justiça

Greve de guardas faz adiar julgamento de homem acusado de tentar atropelar pais e irmão

Publicado

em

O Tribunal de Aveiro adiou para 11 de outubro o início de julgamento de um homem de 34 anos que tentou atropelar os pais e um irmão de 21 anos para não regressar à cadeia.

Segundo fonte judicial o adiamento da diligência que estava marcada para esta manhã ficou a dever-se à greve dos guardas prisionais.

O arguido, que se encontra em prisão preventiva, está acusado de três crimes de homicídio qualificado na forma tentada e um crime de ameaça agravada.

Os factos criminais ocorreram a 16 de maio de 2020, num acantonamento cigano em Anadia, quando os pais do arguido tentavam convencer aquele a regressar ao Estabelecimento Prisional após uma saída precária que terminaria duas semanas depois.

Segundo a acusação do Ministério Público, após uma discussão, o arguido entrou numa viatura e direcionou a mesma contra os pais que conseguiram desviar-se a tempo, acabando por atingir o irmão que ficou com as pernas entaladas contra um pilar de cimento.

A vítima foi alvo de várias intervenções cirúrgicas e sofreu amputação de ambos os membros inferiores.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com