Coimbra

Granfondo Coimbra Region com 1.600 atletas de 21 nacionalidades

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 06-06-2023

Cerca de 1.600 ciclistas de 21 nacionalidades vão participar no Granfondo Coimbra Region, nos dias 17 e 18, iniciativa que conta com três percursos, revelou hoje a organização.

PUBLICIDADE

“Este é o nosso evento de referência, a nossa menina de olhos azuis: o evento do nosso portfólio que mais responsabilidade nos traz e que mais gozo nos dá organizar. É o único evento que está inserido na Península Ibérica, de apuramento para o Campeonato do Mundo dos Granfondos, que se vai realizar em agosto, em Glasgow”, destacou o antigo campeão nacional de ciclismo e promotor do evento, João Cabreira.

Organizado pela Cabreira Solutions, com o apoio das câmaras municipais de Coimbra e Montemor-o-Velho, e da Turismo do Centro de Portugal, o Granfondo Coimbra Region é um evento de ciclismo aberto a atletas federados e não federados, que terá lugar nos dias 17 e 18.

PUBLICIDADE

Durante a conferência de imprensa de apresentação do Granfondo Coimbra Region, que decorreu hoje de manhã no espaço do Café-Concerto do Convento São Francisco, em Coimbra, João Cabreira revelou que o evento tem um custo organizativo que ronda os 180 mil euros.

“Temos muitos estrangeiros, este evento traz muita gente de fora. Mais do que um evento competitivo, é um evento de turismo ativo”, vincou, acrescentando que é mais um atrativo para “esta região de excelência”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

De acordo com a organização, no dia 17, 360 participantes terão a oportunidade de realizar, em Coimbra, o contrarrelógio, ao longo de uma distância aproximada de 20 quilómetros.

Ainda no mesmo dia terá lugar o Granfondinho, desta feita em Montemor-o-Velho, um mini evento mais vocacionado para os mais novos, onde “o mais importante é a participação e não a classificação”.

Já no dia 18, realiza-se o Granfondo, que irá contar com cerca de 800 ciclistas, que farão 142 quilómetros, com partida em Montemor-o-Velho e passagem nos concelhos de Coimbra, Vila Nova de Poiares, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Penela, Condeixa-a-Nova e Soure.

No mesmo dia, os 400 inscritos no Mediofondo farão 104 quilómetros com partida em Montemor-o-Velho e passagem nos concelhos de Coimbra, Miranda do Corvo, Penela e Condeixa-a-Nova.

Em sintonia com os percursos do Granfondo e do Mediofondo, terá também lugar uma caminhada, com um número máximo de 300 participantes.

A apresentação do evento contou também com a presença do presidente da Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, que desafiou a organização do evento a “renovar os votos de casamento”, para que continuem a realizar-se mais edições nos próximos anos.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, realçou o facto de este ser “um evento de referência”, deixando a promessa de lhe dar continuidade no próximo ano.

“Este evento vai trazer muita gente à região, onde gastam dinheiro e dinamizam as economias locais”, referiu o também presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra.

Já o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Lopes, aproveitou a ocasião para evidenciar que esta “é uma parceria que Coimbra tem de agradecer à Figueira da Foz”, depois de ter desistido do evento, “com um divórcio amigável” e que não poderiam “deixar de aproveitar”.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE