Economia

Governo “despacha” Efacec

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 07-06-2023

O Governo aprovou hoje a proposta da alemã Mutares para a privatização da Efacec, anunciou hoje o ministro da Economia, António Costa Silva.

PUBLICIDADE

“Hoje decorreu um Conselho de Ministros eletrónico que seleciona a proposta apresentada pela alemã Mutares para a privatização da Efacec”, afirmou o ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, em conferência de imprensa, em Lisboa.

Em 10 de maio, o ministro da Economia tinha rejeitado a ideia da venda da Efacec “por peças”, esperando uma “solução equilibrada” para a empresa.

PUBLICIDADE

“Recuso liminarmente a venda por peças ou em partes. Nunca foi esse o projeto. [A ideia] é vender a totalidade da empresa, mas assegurar a sua continuidade em Portugal”, referiu António Costa Silva na comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação.

No dia 11 de abril, a Parpública anunciou ter recebido propostas vinculativas melhoradas de quatro candidatos à compra de 71,73% da Efacec, no âmbito do processo de reprivatização da empresa.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

As propostas vinculativas melhoradas foram apresentadas pela Mutares, Oaktree, Oxy Capital e Agrupamento Visabeira-Sodecia.

A informação divulgada revelou que a Mota-Engil Capital, S.A., uma das cinco empresas que tinha feito proposta na primeira fase, não apresentou a chamada ‘Best and Final Offer’ (BAFO).

A resolução que determinou a abertura da segunda fase da venda da Efacec foi aprovada pelo Conselho de Ministros em 02 de março.

O Governo aprovou em novembro do ano passado um novo processo de reprivatização da participação social do Estado de 71,73%, com um novo caderno de encargos, depois de ter anunciado em 28 de outubro que a venda da Efacec ao grupo DST não foi concluída por não se terem verificado “todas as condições necessárias” à concretização do acordo de alienação.

 

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE