Conecte-se connosco

Desporto

Gonçalo Ramos quer garantir já apuramento de Portugal “para evitar azares”

Publicado

em

O futebolista Gonçalo Ramos recusou hoje que Portugal esteja a pensar num empate diante do Uruguai e salientou que “quanto mais rápido” a seleção portuguesa garantir o apuramento para os ‘oitavos’ do Mundial2022 “melhor”.

“É importante ganhar já o segundo jogo. Quanto mais rápido nos apurarmos, melhor, para evitarmos azares”, começou por afirmar o avançado, em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o Uruguai, da segunda jornada do Grupo H.

Apesar do triunfo sobre o Gana (3-2), na primeira ronda, que colocou Portugal isolado no topo da ‘poule’, com três pontos, Gonçalo Ramos assegurou que ninguém na equipa das ‘quinas’ pensa em gerir a vantagem pontual nesta fase.

“Uma seleção com a qualidade da nossa tem de ser favorita em qualquer jogo. Nunca olhamos para nenhum jogo a pensar no empate, porque é meio caminho andado para que as coisas não corram da melhor maneira”, advertiu aos jornalistas, no centro de treinos de Al-Shahaniya.

De resto, Ramos referiu que Portugal vai ter pela frente um adversário “muito forte, muito perigoso”, o que, aliás, já seria expectável, por se tratar de um Campeonato do Mundo, e elogiou Darwin Núñez, seu antigo companheiro no Benfica, agora no Liverpool, e que vai reencontrar em campo na segunda-feira: “É um grande jogador, meu amigo, e estamos preparados para o enfrentar”.

Além de destacar a importância da vitória sobre o Gana – uma forma de “começar logo com o pé direito” o Mundial2022 -, o avançado luso confessou que está a viver “dias especiais”, depois de se ter estreado num Mundial, entrando nos minutos finais da partida com os ganeses.

“É o concretizar de um sonho de criança. Todos os que estão cá estão preparados para jogar. É mais uma oportunidade que tenho para aprender com grandes jogadores. Estou cá para aprender também”, disse Ramos, que conta com duas internacionalizações pela seleção A e um golo, assinado na estreia, no particular da semana passada, com a Nigéria (4-0).

Por outro lado, Gonçalo Ramos assegurou que o guarda-redes Diogo Costa já ultrapassou o último lance de que foi protagonista no jogo com o Gana e que quase deu o empate aos africanos: “São momentos que podem acontecer a qualquer jogador. Foi um momento menos feliz, mas, felizmente, não sofremos golo e o Diogo está a 100%”.

Portugal e Uruguai jogam na segunda-feira, às 22:00 locais (19:00 em Lisboa), no Estádio de Lusail, em jogo da segunda jornada do Grupo H do Mundial2022.

A equipa das ‘quinas’, que venceu o Gana (3-2), na estreia, lidera o grupo, com três pontos, à frente de Coreia do Sul, de Paulo Bento, e Uruguai, ambos com um ponto, enquanto os ganeses, que defrontam os sul-coreanos no mesmo dia, seguem a ‘zeros’.

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com