Conecte-se connosco

Coimbra

GNR de Coimbra fiscaliza autocarros e camiões (com vídeos)

Publicado

em

A GNR de Coimbra esteve esta manhã a fiscalizar veículos pesados de mercadorias e passageiros, junto às portagens da A1 em Coimbra Norte, no âmbito de uma operação que decorre até domingo. O Notícias de Coimbra acompanhou esta ação denominada “ECR Veículos Pesados”  que visa reduzir a sinistralidade. 

Esta operação de fiscalização intensiva aos veículos pesados arrancou a 11 de outubro e decorre nas vias mais críticas e com mais tráfego à responsabilidade da GNR até ao próximo domingo.

Em cerca de uma hora, os militares de Coimbra fiscalizaram cerca de duas dezenas de veículos, com especial incidência nas irregularidades ao nível dos tempos de condução e manipulação de tacógrafos.

“O principal objetivo desta operação é promover a segurança rodoviária e tentar reduzir ao máximo o risco de acidentes de viação particularmente os que envolvem veículos pesados”, disse ao NDC o Alferes Diogo Ferreira, responsável pela operação.

O Euro Contrôle Route (ECR) é um grupo Europeu de Inspeção de Transportes, que tem por objetivo melhorar a segurança rodoviária e a sustentabilidade, a concorrência leal e as condições de trabalho no transporte rodoviário. ” A concorrência verificada entre operadores de transportes rodoviários, origina, por vezes, a redução de preços por parte dos transportadores. Esta redução da margem de lucro, é, em alguns casos, compensada através da prática de irregularidades para aumentar a receita em detrimento da segurança rodoviária, sendo o cansaço o principal fator de risco que afeta os motoristas profissionais em resultado do incumprimento dos tempos de condução e repouso”, alerta a GNR.

Esta sexta-feira, em Coimbra Norte, os tacógrafos estiveram na mira da GNR, porque, como defendeu Diogo Ferreira, “o incumprimento dos horários de trabalho é o que mais pode dar origem a acidentes de trabalho”, mas também foram verificados os seguros, a inspeção dos veículos e a documentação dos condutores.

Paulo Martins que seguia viagem de Pombal para Santa Luzia foi um dos condutores fiscalizados esta manhã. “Correu tudo bem está tudo ok, felizmente para mim espero que com os meus colegas que aqui param aconteça o mesmo”, disse ao NDC, lamentando: “às vezes somos um bocado tratados como criminosos, mas eles estão a fazer o trabalho deles e nós o nosso”.

Nos anos de 2019 e 2020, a GNR registou 11.159 acidentes envolvendo veículos pesados, dos quais resultaram 14 vítimas mortais e 36 feridos graves, entre condutores e passageiros. Já este ano, a força de segurança nacional realizou três operações de fiscalização neste âmbito, nos períodos de 8 a 14 de março, de 19 a 25 de abril e de 10 a 16 de maio, tendo sido fiscalizados mais de 11.300 condutores de veículos pesados e registadas mais de 7.500 contraordenações.

 

Veja aqui o direto NDC com o Alferes Diogo Ferreira, da GNR de Coimbra:

Veja o direto NDC com o camionista Paulo Martins:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link