Conecte-se connosco

Crimes

GNR apreende 39 mil cigarros por introdução fraudulenta no consumo

Publicado

  em

 A Unidade de Acção Fiscal (UAF), no dia 23 de julho, apreendeu 39 mil cigarros e identificou dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 28 e 48 anos, pela prática do crime de introdução fraudulenta no consumo, no Porto.

No âmbito de investigação relacionada com a comercialização ilícita de tabaco em todo o território nacional, foi possível detetar um esquema de introdução fraudulenta no consumo de tabaco  destinado a abastecer os circuitos marginais na área do Grande Porto. No decorrer das diligências de investigação, foi dado cumprimento a dois mandados de busca, um domiciliário e o outro não domiciliário, que culminou com a apreensão de 39 mil cigarros, que não ostentavam estampilha fiscal exigida para a sua comercialização, na identificação de dois homens, de 45 e 48 anos, e uma mulher de 28 anos, como suspeitos da distribuição do tabaco em território nacional pelos circuitos marginais.

O valor comercial do tabaco apreendido é de cerca de 8 190 euros, sendo que se tivesse sido vendido ao público teria lesado o Estado em mais de 6 970 euros, resultante da evasão à tributação incidente em sede de Imposto Especial Sobre o Consumo de Tabaco (IT) e IVA.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com