Crimes

GNR apreende 320 mil cigarros por introdução fraudulenta no consumo

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 07-02-2023

Mais de 320 mil cigarros que se destinavam a ser introduzidos no mercado de forma fraudulenta, prejudicando o Estado em 54 mil euros por falta de pagamento de impostos, foram apreendidos na terça-feira, na Trofa, anunciou hoje a GNR.

PUBLICIDADE

Em comunicado, aquela força militar explicou que a apreensão foi feita na sequência de uma ação de fiscalização rodoviária na Autoestrada 3 (A3) durante a fiscalização de uma viatura ligeira de mercadorias, tendo sido detido o condutor da viatura, um homem de 21 anos.

PUBLICIDADE

Segundo a GNR, no interior da viatura havia “diversas caixas contendo tabaco manufaturado, sem o pagamento dos impostos especiais incidentes e em violação das normas de selagem e estampilhagem estabelecidas pelo regime jurídico dos Impostos Especiais de Consumo (IEC)”.

PUBLICIDADE

publicidade

O valor do tabaco apreendido, refere o texto, “ascende aos 70 mil euros, sendo que a sua comercialização ilícita teria causado um prejuízo ao Estado em sede de Imposto sobre o Tabaco (IT) num valor de 54.000 euros”.

Além do tabaco, foi ainda apreendido um bastão extensível, que se encontrava na posso do condutor.

PUBLICIDADE

O homem vai hoje ser presente no Tribunal Judicial de Santo Tirso, no distrito do Porto.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com