Polícias

GNR ajuda menina “em estado crítico” a receber socorro. “Não vamos esquecer o que fizeram”

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 1 ano atrás em 07-06-2023

Uma família agradeceu aos militares da GNR que prestaram o socorro à filha, de 5 anos, que aguardava por médicos. O agradecimento foi publicado, na terça-feira, 6 de junho, nas redes sociais da Guarda.

PUBLICIDADE

Na mensagem refere-se uma “situação crítica”, onde os pais de Nadine, a criança de cinco anos, começam por explicar que, um dia, ao final da tarde, a criança “começou a tremer, vomitou e ficou em estado crítico”.

Os familiares acionaram “imediatamente” a ambulância e, enquanto esperavam “desesperadamente” pelo veículo na rua, dois militares da GNR, que se aperceberam da situação, pararam. “Expliquei-lhes a situação e eles imediatamente começaram a telefonar e a arranjar a ambulância”, lê-se na mensagem partilhada.

PUBLICIDADE

Após uma espera, os militares da GNR pediram aos pais que os seguissem para irem ao encontro da ambulância, uma vez que esta “ainda estava muito longe”.

“Eles escoltaram-nos e encontrámos a ambulância no meio do nada. A tripulação rapidamente começou a fornecer ajuda”, acrescenta.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Ainda de acordo com o agradecimento, “como resultado da ajuda rápida e profissional, a Nadine está recuperada”.

A família Treszkai diz estar muito grata aos militares. “Não vamos esquecer o que fizeram”, notam, referindo que a menina conseguiu assistência médica profissional graças à ajuda dos guardas e da escolta que permitiu que chegassem rapidamente. “Estes 10, 15 minutos foram realmente importantes”, sublinham.

“A maneira como eles se comportaram não foi apenas profissional, mas também excecionalmente humana”, termina a mensagem de agradecimento.

 

 

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE