Conecte-se connosco

Cidade

Fundo Solidário celebra 6 anos a apoiar estudantes do ensino superior com dificuldades económicas

Publicado

em

 

Os parceiros do Fundo Solidário e do NExT – Núcleo de Explicações Voluntárias, dois projetos coordenados pelo Instituto Universitário Justiça e Paz (IUJP), em Coimbra, assinam, no dia 3 de maio, protocolos para revalidar o trabalho de cooperação na ajuda a estudantes do ensino superior com dificuldades económicas no prosseguimento dos estudos.

fundo_social_solidario

Os protocolos, com a Universidade de Coimbra (UC), o Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), o Centro de Acolhimento João Paulo II e a Cáritas Diocesana de Coimbra, serão rubricados nas instalações da ESEnfC – Polo B (sala de reuniões, no 1ºandar), em S. Martinho do Bispo, às 18h30.

Seguir-se-á a entrega, pela Comissão Organizadora da Queima das Fitas de 2015, de um donativo ao Fundo Solidário e, às 20h00, um jantar comemorativo do 6º aniversário do projeto, na cantina conjunta da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra e da ESEnfC.

Este jantar, com a participação do grupo Pardalitos do Mondego, será o culminar da IV Feira do Livro do Fundo Solidário, iniciada a 26 de abril, no IUJP, tendo ambas as iniciativas visado a obtenção de receitas para o projeto.

Além dos parceiros nucleares do Fundo Solidário, são parceiros complementares o Instituto da Segurança Social – Centro Distrital de Coimbra, o Centro de Emprego e Formação Profissional de Coimbra, a Fundação de Assistência Médica Internacional, a Associação Académica de Coimbra, associações de estudantes do IPC e da ESEnfC.

Só neste ano letivo, o Fundo Solidário apoiou 84 estudantes, de um conjunto de 103 candidatos, e atribuiu apoios monetários diretos no valor de 14.213,85 euros. Olhando para os 6 anos do projeto, os números elevam-se a 350 estudantes acompanhados e a quase 150 mil euros de auxílios financeiros diretos.

Já relativamente ao NExT, solicitaram apoio, durante este ano letivo, 54 estudantes, dos quais 36 foram considerados elegíveis. No 2º semestre do ano letivo, 20 estudantes estão a beneficiar de explicações.

«O insucesso e o abandono escolar continuam a causar sofrimento a tantas e tantos que pretendem levar a cabo um projeto de vida feliz, que passa pela frequência do ensino superior», afirma o diretor do IUJP.

De acordo com o padre Paulo Simões, «todas as semanas batem à porta do NExT e do Fundo Solidário estudantes a pedir apoio», que chegam «no limite», em situações de «risco de abandono iminente».

O sacerdote acredita que «a comunidade académica, estando atenta e sendo desafiada a uma cultura do cuidado – e não da indiferença – é capaz de solucionar o problema», ao testemunhar que, «todas as semanas», assiste a «gestos grandes, feitos de pormenores, que nos mostram o envolvimento de funcionários, professores e, sobretudo, estudantes».

«É incrível como os estudantes estão atentos aos seus colegas! Dão-nos um testemunho inaudito de responsabilidade pelos pares. O NExT é coordenado por estudantes», salienta o padre Paulo Simões.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com