Conecte-se connosco

Região

Fundação ADFP abriu Residência Bondade para pessoas com doença mental

Publicado

em

Trata-se de uma unidade “experimental “integrada na rede nacional de Cuidados Continuados Integrados, com parcerias com a Segurança Social e Saúde. É a primeira unidade (RAMa) Residência de Apoio Máximo na Região Centro. A Fundação ADFP tem uma vasta experiência de parceria com a Saúde e Segurança Social na criação de respostas no âmbito da doença mental.  

A Fundação abriu a primeira Residência Assistida para pessoas com doença de Alzheimer e criou a primeira Unidade de Vida Apoiada na década de noventa. Em parceria com o extinto Hospital Sobral Cid a Fundação criou o primeiro Fórum Sócio Ocupacional na CIM de Coimbra e idealizou o projecto DiferenteMente / IgualMente que recebeu vários prémios a nível nacional. A Fundação apoia  pessoas com doenças mentais sob o princípio da promoção da dignidade do doente e na sua integração na comunidade.

A RAMa tem capacidade física para 24 doentes, embora vá abrir com acordo só para 12 pessoas com doença mental. A equipa da RAMa, dirigida pela Dra. Helena Alves, aguarda que a ARS envie os primeiros doentes.

Neste edifício construído desde o início para pessoas com doença mental a Fundação já acolheu nos últimos anos refugiados, formandos da Guiné e pessoas em situação de sem abrigo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com