Mundo

Forças de ocupação russas decretam estado de emergência na região ucraniana de Kherson

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 07-06-2023

As autoridades locais impostas pela Rússia na região ucraniana de Kherson declararam o estado de emergência nos territórios controlados pelas forças russas na sequência da destruição da barragem de Kakhovka.

PUBLICIDADE

“Na região de Kherson foi aplicado o estado de emergência”, disseram fontes russas à agência TASS. 

Segundo a mesma fonte, cerca de 2.700 casas ficaram inundadas na região após a destruição da barragem.

PUBLICIDADE

O número de pessoas retiradas do local aumentou para 1.300 deslocados. 

Na terça-feira, as autoridades das forças ocupantes declararam, o estado de emergência apenas na zona de Nova Kakhovka, onde fica situada a central hidroelétrica. 

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

De acordo com o governador interino de Kherson, Vladimir Saldo, entre 22 mil a 44 mil pessoas residem na zona do desastre. 

O autarca nomeado pela Rússia em Nova Kakhovka, Vladimir Leontiev, os níveis das águas começaram a baixar “ligeiramente”.

Nos territórios ocupados pelas tropas da Rússia, a localidade de Korsunka ficou completamente submersa.  

 Pelo menos sete pessoas estão desaparecidas em virtude das inundações disseram hoje as autoridades instaladas pela Rússia nas regiões ucranianas ocupadas.

“Agora estamos a procurar informações sobre desaparecidos. Sabemos ao certo” que sete estão desaparecidas, disse o autarca de Kakhovka.

  

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE