Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Economia

Fique a par de algumas dicas para poupar na conta da luz e da água

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 3 meses atrás em 29-11-2023

Pode aprender a reduzir a sua conta de eletricidade e da água. A vida doméstica tem os seus gastos, mas existem truques que permitem assegurar uma poupança significativa no final do ano.

PUBLICIDADE

Para tal, o NCultura sugere a opção de sistemas de monitorização. Ao fazer a instalação do smart meter, terá uma ajuda importante para reduzir os consumos na fatura de eletricidade.

PUBLICIDADE

Tratam-se de equipamentos ligados ao quadro elétrico que permitem a visualização de tudo. Ficamos a saber como utilizamos a energia. Pode ficar a saber quanto está a consumir num eletrodoméstico, numa tomada, em tempo real, explica. São fáceis de usar e permitem uma poupança de cerca de 48 euros, numa fatura anual de 1200 euros. 

PUBLICIDADE

Outra estratégia passa por mudar de comercializador ou renegociar com o atual. “Uma mudança pode assegurar uma poupança de até 20% no valor da fatura de energia. O novo comercializador fica responsável por todo o processo da mudança que é realizada num prazo de 5 dias úteis”, refere.

Os especialistas defendem também o investimento na instalação de janelas eficientes com uma classificação A+. Elas podem representar poupanças energéticas entre 200 e 850 euros, por ano. 

PUBLICIDADE

Os equipamentos que funcionam 24 horas representam o maior consumo de eletricidade em casa, por norma. “Por isso, o frigorífico e as arcas congeladoras são equipamentos com um consumo considerável. Embora não apresentem uma potência elevada, este tipo de eletrodomésticos estão permanentemente ligados. O investimento num frigorífico de classe mais eficiente representa reduções significativas nos custos energéticos, que andam na ordem dos 70 euros”, descreve.

Simples gestos como evitar lavar a loiça à mão, fechar a torneira, quando se lava os dentes, ou passar sabonete no corpo pode significar uma poupança significativa. Em média, a água representa 25% das despesas nos consumos domésticos. Podem representar uma poupança de 20 euros por ano.

“Uma máquina de lavar loiça impede um gasto elevado de água no final de ano. Até um autoclismo de dupla descarga se revela uma boa ajuda, pois permite uma redução no caudal de água. Parece algo irrisório, mas pode significar que se paga menos 73 euros, na fatura anual de água”, conta.

Sabia que o segundo maior fator de consumo de energia em casa é a produção de água quente sanitária? “Ela representa 24% do consumo energético total. O investimento em painéis solares é uma decisão sensata. Trata-se de uma melhor opção que o gás natural. No final do ano, pode representar uma poupança de 350 euros”, afirma.

É também possível reduzir consumo na iluminação que representa 14% do consumo .

Evitar os consumos em standby é outra dica. Os especialistas defendem que são cerca de 10% da fatura de energia. Se comprar tomadas com interruptor, poderá desligar de forma prática esses aparelhos. O investimento é escasso, mas pode representar uma redução de 50 euros por ano.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com