Desporto

Filipe Albuquerque desiste no campeonato americano de resistência

Notícias de Coimbra | 4 semanas atrás em 24-06-2024

O português Filipe Albuquerque (Acura) desistiu hoje da sexta prova do campeonato norte-americano de resistência (IMSA), em Watkins Glen, depois de ter chegado a liderar.

PUBLICIDADE

O piloto natural de Coimbra, que faz equipa com o norte-americano Ricky Taylor, viu uma das rodas do Acura saltar durante o turno de condução do seu colega, eles que disputam a categoria mais importante, a GTP, para protótipos.

“Foi uma corrida frustrante, com altos e baixos. A certo ponto, levámos uma penalização injusta, que nos atirou para último. Depois, tomei a decisão certa de montar pneus slick [de piso seco], o que me permitiu passar para segundo. Quando lutava para chegar ao primeiro lugar, o meu adversário empurrou-me duas vezes no meio da reta, quando ele podia claramente dar-me espaço”, explicou Filipe Albuquerque.

PUBLICIDADE

O piloto português admite ter sentido “um barulho estranho no carro” quando foi tocado pelo adversário, mas conseguiu consumar a ultrapassagem.

“Mais tarde, a rosca que aperta a roda partiu, já com o Ricky [Taylor], mas tenho a certeza que foi daquele toque. Não levaram nenhuma penalização, pois pareceu inofensivo, mas fez com que desistíssemos”, acusou.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Quanto a si, Albuquerque diz ter feito “uma boa corrida, tanto em seco como com chuva”.

“Deixei o carro em primeiro, mas acabámos por desistir, o que é muito frustrante”, concluiu.

Também o outro português em prova, João Barbosa (Ligier), que compete na segunda categoria mais importante, a LMP2, foi forçado a desistir.

A prova foi ganha pelo brasileiro Felipe Nasr (Porsche).

A próxima jornada do IMSA acontece a 13 e 14 de julho, no Canadá.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE