Coimbra

Filho e mãe cega ficam sem casa após incêndio em Coimbra

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 5 meses atrás em 06-12-2023

Uma mulher invisual, de 85 anos, e o filho ficaram desalojados após um incêndio ter deflagrado na habitação em que ambos viviam, esta tarde, 6 de dezembro, em Santa Clara, Coimbra.

PUBLICIDADE

A “casa está inabitável”. O fogo começou no último andar, num “quarto que ficou completamente destruído”, no entanto, “foi possível conter o fogo para não se propagar a outras divisões”, conta Carlos Tomás, subchefe dos Bombeiros Sapadores, acrescentando que os fumos provocaram danos. 

A octogenária apresentava “queimaduras nas vias aéreas e nas mãos” tendo sido “encaminhada para o CHUC”, refere.

PUBLICIDADE

publicidade

A dificuldade dos meios “foi à entrada devido à temperatura existente”, mas o incêndio ficou “dominado em cerca de 10 minutos”. “Os trabalhos de arrefecimento, ventilação é que demoraram mais”, relata.

O edifício é constituído por rés-do-chão, primeiro e segundo andar. O responsável explica que os restantes “moradores não vão precisar de serem realojados”, pois “têm sítio onde ficar”. A nível estrutural não oferece perigo, mas é preciso uma avaliação ao local.

PUBLICIDADE

O alerta foi dado por volta das 15:15, para a Rua Carlos Alberto Pinto de Abreu, em Santa Clara.

Vinte operacionais com seis viaturas dos bombeiros Sapadores e Voluntários de Coimbra, e da Cruz Vermelha, bem como da PSP estiveram no local.

Veja o vídeo do NDC com o subchefe Carlos Tomás dos Bombeiros Sapadores:

 

Veja o vídeo do NDC:

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE