Conecte-se connosco

Coimbra

Fila no processo de vacinação contra a covid-19 por autoagendamento em Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

Largas dezenas de pessoas esperaram toda a manhã junto ao Centro da Vacinação para receber a vacina contra a covid-19na rua General Humberto Delgado, na sequência do processo de autoagendamento.

Nas imediações do centro de vacinação no Pavilhão Multidesportos Dr. Mário Mexia, foi-se formando durante a manhã uma longa fila de pessoas que aguardavam por receber a vacina. Segundo a informação avançada pelo Serviço Nacional de Saúde, o processo de autoagendamento está disponível para pessoas com idade superior a 65 anos, com ou sem morbilidades associadas.

José Santos, de 70 anos, diabético e hipertenso mostrou-se revoltado pela situação. “Estou aqui desde as 11h30, tomei o pequeno almoço eram 7h30 da manhã, sou diabético, tenho vários problemas, ninguém me procura, está aqui uma organização desorganizada. Não se percebe nada disto, as pessoas estão todas aqui ao monte, eu não sei onde é que está a organização disto. Isto é lamentável como está a acontecer e eu estou revoltadíssimo com esta situação” – disse.

A vacinação de pessoas por autoagendamento já teve início na última semana de abril,  como explicou ao NDC Vítor Bravo, que hoje acompanhava a mulher : “Hoje o dia está para mim a ser anormal, no dia em que eu fui vacinado, na sexta feira, a minha vacina foi até dada antecipadamente, portanto não entendo de facto o aglomerado de pessoas”.

Outra utente, que não quis ser identificada, referiu que ao início da manhã se viu forçada a ligar para a Polícia Municipal: “A fila propriamente não me assustou, o que me preocupou foi o ajuntamento que  aqui se criou que eu tive que chamar a polícia municipal e depois de eu ter chamado, chamaram várias pessoas.”

O ambiente que se vivia junto ao Alma Shopping esta manhã era de confusão, revolta e indignação. Diversas pessoas tiveram que recorrer a chapéus de chuva para se abrigarem do sol que se fazia sentir com intensidade. Foi o caso de Ângela Silva que aquando da chegada ao centro de vacinação se deparou “com uma fila que virava o quarteirão” e que explicou ter mais receio pela quantidade de pessoas idosas expostas ao sol e ao ajuntamento na fila “Se reparar há aqui gente com alguma idade, ou pelo menos com mais de 65 anos, de certeza absoluta, e portanto as fragilidades são outras”. 

 

Pode ainda ver mais vídeos dos diretos NDC:

Vídeo 1 

Vídeo 2 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com