Região

Figueira da Foz: Sabores do mundo atraíram centenas de pessoas a Marinha das Ondas (com vídeos)

Zilda Monteiro | 2 anos atrás em 23-10-2022

Perto de 300 pessoas passaram, este domingo (23 de outubro), pelo Mercado de Marinha das Ondas, no concelho da Figueira da Foz. Os sabores do mundo, trazidos a este espaço pela comunidade migrante que reside na freguesia, foram o “cartão de visita” para uma manhã de muita festa e celebração.

PUBLICIDADE

Promovido Projeto Sem Diferenças E8G da Cáritas Diocesana de Coimbra e pela Junta de Freguesia da Marinha das Ondas, com o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz, o Festival Gastronómico contou com a participação da comunidade migrante que reside na freguesia e que apresentou neste evento os pratos tradicionais dos seus países.

Nepal, Índia, Bangladesh, Venezuela, Uzbequistão, Ucrânia, Argentina e Brasil foram os oito países representados nesta “prova de sabores do mundo” que procurou, como explicou o presidente da Junta, José Alberto Suzana, ao Notícias de Coimbra, “celebrar e agradecer o acolhimento e a integração na freguesia”, através da partilha dos “sabores mais típicos e utilizados nas grandes festividades culturais e religiosas de cada país”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

José Alberto Suzana lembrou que este festival vai já na segunda edição, sendo para continuar, uma vez que a comunidade migrante é cada vez maior na freguesia e também no concelho.

PUBLICIDADE

Para Olga Brás, vereadora dos Assuntos Sociais da Câmara da Figueira da Foz, estes eventos culturais e gastronómicos são muito importantes para a integração, já que aproximam os vários povos que residem neste território, tanto migrantes como população local. “Figueira da Foz é um concelho inclusivo, acolhe bem e esta é uma mostra de integração plena aqui na freguesia de Marinha das Ondas”, sublinhou.

De acordo com Marta Amaral, diretora técnica do Centro Comunitário Nossa Senhora da Boa Viagem, da Cáritas Diocesana de Coimbra, são já perto de 800 as pessoas que integram esta comunidade migrante que reside na freguesia de Marinha da Ondas, sendo o Nepal o país mais fortemente representado.

Os oito países estiveram representados neste festival que contou com a visita de perto de 300 pessoas, segundo Marta Amaral, e que ficou marcado, acima de tudo, pelo ambiente de partilha, convívio e celebração entre as centenas de pessoas que, ao longo da manhã, passaram pelo Mercado de Marinha das Ondas.

Veja os vídeos dos diretos NDC:

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE