Conecte-se connosco

Região

Figueira da Foz isenta comércio de taxas de ocupação de esplanadas

Publicado

em

A Câmara Municipal da Figueira da Foz deliberou, por unanimidade, isentar de taxas de ocupação de espaço público com esplanada aberta, guarda-ventos, estrados e esplanada fechada, durante o ano de 2022, foi hoje anunciado.

“A pandemia, como se vê, ainda não acabou, e surgiu a guerra. Portanto todos os apoios à atividade económica que estiverem ao nosso alcance são devidos”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Figueira da Foz.

Pedro Santana Lopes destacou a importância do setor da restauração na estrutura comercial na Figueira da Foz, frisando que a isenção das taxas “é uma medida mais do que justa e que se impunha”.

“Oxalá pudéssemos fazer mais, mas vamos fazendo com conta peso e medida aquilo que podemos. E quando, há uns meses, decidimos por proposta do serviço retomar as taxas, ninguém pensava que a pandemia se voltasse a fazer sentir, as pessoas voltassem a ter receio e a guerra viesse para durar”, sublinhou.

Para o autarca, “esta é uma nova realidade, mas as pessoas querem continuar a viver, e, se Deus quiser, vamos ter um grande Verão e oxalá dê para as empresas consolidarem os seus balanços, que é isso que está em causa”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link