Conecte-se connosco

Coimbra

Festas da Cidade promovem projetos musicais de Coimbra

Publicado

em

As Festas da Cidade de Coimbra vão ajudar a promover três projetos musicais de artistas da cidade: “Amigo Paredes” (3 de julho), “Solto” de João Farinha e convidados (5 de julho) e Tiago Silva (6 de julho) fazem parte do cartaz destas celebrações. O evento, organizado pela Câmara Municipal de Coimbra, vai realizar-se no rigoroso cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), tal como já aconteceu no ano passado, e o objetivo é precisamente apoiar a retoma progressiva da economia local, bem como dos artistas e trabalhadores da área cultural que muito têm sido afetados pela pandemia. A restante programação será anunciada pela autarquia nos próximos dias.

As Festas da Cidade de Coimbra, que vão decorrer de 01 a 11 de julho, foram moldadas às circunstâncias do atual contexto da pandemia da COVID-19 e pretendem apoiar a retoma progressiva da economia local, bem como dos artistas e trabalhadores da área cultural que muito têm sido afetados pela pandemia.

Como tem acontecido nos últimos anos, a CM Coimbra pretende também promover os artistas da cidade. Este ano, os projetos musicais que vão ter destaque no cartaz das Festas da Cidade são “Amigo Paredes” (3 de julho), “Solto” de João Farinha e convidados (5 de julho) e Tiago Silva (6 de julho). Todos os concertos vão realizar-se no Jardim da Sereia.

Inspirado no livro “Amigo Paredes”, este é um espetáculo de tributo a Carlos Paredes, que junta 12 músicos em palco. O concerto apresenta alguns dos mais virtuosos músicos da guitarra portuguesa no panorama nacional e seguidores dos ensinamentos de Carlos Paredes, acompanhados por um quarteto composto por piano acústico, viola, contrabaixo e violino. Também na guitarra portuguesa destaca-se a presença musical e emocional de Luísa Amaro, companheira de Carlos Paredes.

A palavra-canção também tem presença assegurada com uma das mais importantes personalidades da música portuguesa dos últimos tempos. Cristina Branco dará voz e letra a duas músicas de Carlos Paredes. Evento maioritariamente concebido com músicos de Coimbra, demonstra a importância que Carlos Paredes continua a ter nos percursos musicais dos artistas de Coimbra e na música portuguesa em geral. A direção artística é de Ni Ferreirinha (viola), a direção musical de Ricardo Dias (piano acústico), e os restantes músicos são Bernardo Moreira (contrabaixo) e Manuel Rocha (violino). Como convidados estarão em palco Bruno Costa (guitarra portuguesa), Guilherme Catela (guitarra portuguesa), Hugo Gambóias (guitarra portuguesa), José Manuel Neto (guitarra portuguesa), Miguel Amaral (guitarra portuguesa), Paulo Soares (guitarra portuguesa).

Já o projeto “Solto” é apresentado em concerto desbravando novos caminhos para uma música que é (ainda) fado de Coimbra: através da fusão com outros instrumentos, mas também com a colaboração de artistas provenientes de outras latitudes musicais. Em palco juntam-se João Farinha (voz), a guitarra portuguesa de Hugo Gambóias, a viola de Diogo Passos e uma diversidade de outros instrumentos, como o baixo acústico, o bandolim, o ukulele, a percussão ou a guitarra elétrica. Para além dos temas de “Solto”, João Farinha inclui ainda em concerto temas de discos anteriores, que marcam a sua carreira. Participam também neste espetáculo Tiago Nogueira, da banda Os Quatro e Meia, José Rebola dos Anaquim e a cantora Elisa.

Por sua vez, Tiago Silva foi o segundo classificado do programa televisivo da RTP “The Voice Portugal 2020”. Depois da experiência mediática que o apresentou ao país, dá um passo na sua carreira e lança um programa online e um espetáculo a que deu o nome “Unidos pela Música Portuguesa” e que pretende reunir os sucessos nacionais que marcaram gerações, numa versatilidade musical e numa linguagem artística que reúne géneros tão heterogéneos como o Fado, Jazz, Pop, Vira e Música Ligeira Portuguesa.

Tiago Silva, que há muito pretendia colocar em prática um projeto musical que tinha em mente, arregaçou as mangas e prepara agora o lançamento de uma campanha em torno da nossa cultura que será levado aos palcos e terras do nosso país convidando artistas locais a participar no seu espetáculo e que com músicas que todos conhecemos e cantamos, revisitadas.

Apesar de gratuitos, o acesso aos concertos das Festas da Cidade implica o levantamento prévio de bilhetes através da Ticketline por forma a cumprir com a lotação possível imposta pela legislação em vigor para o recinto dos espetáculos, que será devidamente delimitado, os lugares previamente identificados por cadeiras e respetivas marcações, cumprindo o devido distanciamento entre os espectadores.

Assim, estes artistas de Coimbra juntam-se no cartaz das Festas aos já anunciados Tiago Bettencourt com a OCC e Cordis (no Convento São Francisco no dia 4 de julho), Orquestra Bamba Social & Tiago Nacarato (dia 1 de julho), Richie Campbell (2 de julho), Linda Martini (7 de julho) e a banda do filme Variações (8 de julho), todos estes espetáculos no Jardim da Sereia. Porém, as iniciativas vão muito para além de concertos, sendo que o programa completo será apresentado brevemente pela autarquia.

Estas celebrações concelhias, que têm em consideração o cumprimento rigoroso de todas as normas da DGS, surgem com o objetivo de reanimar social e economicamente o concelho, em especial dos setores da cultura, da hotelaria, restauração e comércio.

festa

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com