Conecte-se connosco

Lazer

Feira de Artesanato & Gastronomia regressa a S. João do Campo

Publicado

em

A Feira de Artesanato & Gastronomia de S. João do Campo regressa esta sexta-feira, três anos depois, com uma programação mais forte do que nunca e com a maior  representação de sempre em artesanato. A Junta de Freguesia de São João do Campo convida, assim, jovens e graúdos a visitar a FAG, entre os dias 1 e 3 de julho permitindo o vislumbre de saberes e a  degustação de sabores, através das associações e coletividades locais, que apresentam iguarias do  património gastronómico regional. 

De entrada livre, a décima edição deste certame apresenta-se num espaço mais amplo, mais  ordenado e mais atrativo a quem nos visita.

A cerimónia de abertura está marcada para as 19h30  do dia 1 de julho, no polidesportivo e conta com a participação do Presidente da Junta da  Freguesia, Dinis Pereira, acompanhado pelos vereadores do executivo da Câmara de Coimbra. 

Nestes três dias de festa, o artesanato aliado à boa gastronomia promoverá um (re)encontro de  gerações repleto de muita música e animação. 

Quanto à animação do evento, o programa trará ao palco diversas formações, que englobam  desde marchas populares, sons tradicionais e música rock, com o intuito de abranger diversos  públicos. Destaque para as participações de dia 1 de julho, entre elas, “Tomás Dinis”, “Rob  Salinger Band” e “Bad Monkeyz”. 

No dia 2 de julho sobem ao palco “Saxofonista Luís Salgado”, “Ús Sai de Gatas”, “Banda Tempo”  e “Dj Cat”. No último dia do evento sobem ao palco a banda “Boca de Sirí”, “Escape Libre” e  “Dj Kota” 

O certame conta ainda com muita animação no recinto, nomeadamente, a participação da  K&Batuna – Tuna da Escola Superior de Educação de Coimbra, Marchas de Cantanhede,  Workshop de Culinária com Tony Salgado e Valdemar Onofre, Zumba com Bruno Duarte e  Atuação de Dança Breath of Emotion + Workshop de Dança, entre outras atividades surpresa.  

Uma oportunidade ímpar para apreciar o trabalho dos artesãos, deixar-se apaixonar pela arte,  ao vivo e a cores, e saborear o melhor da gastronomia tradicional da região do Baixo Mondego.  

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link