Conecte-se connosco

Coimbra

Feira das Cebolas em Coimbra quase sem cebolas (com vídeos)

Publicado

em

A Praça do Comércio, em Coimbra,  volta a receber , até dia 20 de agosto, a Feira das Cebolas, uma reposição da antiga Feira de S. Bartolomeu, que conta com séculos de existência. A abertura oficial do certame decorreu, este sábado, mas apenas com dois ceboleiros de Cernache, adiantou, ao Notícias de Coimbra, Ramiro Barradas.

Este vendedor de Vila Nova de Cernache acredita que possam vir mais dois ceboleiros para a semana, mas admite que cada vez há menos.

A mostra, que cruza a comercialização de cebolas, através da presença dos ceboleiros de Cernache, com gastronomia e programação cultural de raiz tradicional, vai para a sua 35ª edição, regressando após dois anos de interregno devido à pandemia da covid-19, numa coorganização da Câmara Municipal de Coimbra e da associação Grupo Folclórico “Os Camponeses de Vila Nova”.

E foi numa das seis tasquinhas que o Notícias de Coimbra encontrou Isabel Ramos que descreveu os pratos típicos da Região que se podem degustar na Feira das Cebolas. “Há caldo verde, sardinha de pasta, chouriço caseiro, broa, bolos e pataniscas de bacalhau,  arroz-doce, escarpiadas e arrufadas de Coimbra, os licores, jeropiga ou vinho de lavrador”.

Até ao dia 20 de agosto o evento, que muito tem contribuído para a preservação e divulgação dos ancestrais usos e costumes das gentes coimbrãs, vai animar a Praça do Comércio, onde não faltam folclore e etnografia, grupos de música tradicional portuguesa e representantes da música de tradição coimbrã.

Durante oito dias, os visitantes podem encontrar uma programação que integra vários espetáculos, com início às 22:00.

Ao todo serão quinze grupos folclóricos que vão subir a palco, representantes não apenas da região do Mondego como também das regiões de Entre Douro e Minho, Trás-Os-Montes e Alto Douro, Douro Litoral, Baixo Minho, Alto Minho, Bairrada, Douro Litoral, Ribatejo, Alta Estremadura e Beira Litoral.

Nas noites de 14, 16, e 17, juntam-se aos grupos folclóricos três grupos de concertinas de Coimbra: Foles e Cantorias de Santa Clara, Sons de Casconha e Os Amigos da Paródia.

A Estudantina Universitária de Coimbra e o Grupo de Fados e Guitarradas da Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra assinalam a noite de espetáculos no dia 18, a partir das 22:30, depois da apresentação do Grupo das Lavradeiras da Trofa.

Veja os diretos NDC:

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade