Vamos

FAFIPA em Alvaiázere “com programa muito atrativo”

Notícias de Coimbra | 9 meses atrás em 23-05-2023

A FAFIPA – Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e Artesanato, está de regresso a  Alvaiázere de 9 a 13 de junho “com um cartaz repleto de artistas de renome nacional”, anuncia a autarquia local.

PUBLICIDADE

O sucesso da edição do ano passado, veio reforçar  que a decisão foi acertada ao separar os dois grandes eventos anuais do concelho, a FAFIPA e o  Alvaiázere Capital do Chícharo- Festival Gastronómico, sublinha.

PUBLICIDADE

A FAFIPA pretende ser uma mostra de tudo o que foi a evolução social e económica do concelho,  destacando o que o concelho tem de melhor, alimentando assim o comércio local, melhorar o  tecido associativo e promover o património e a cultura do concelho. 

PUBLICIDADE

publicidade

É pretendido que a FAFIPA possa debater a estratégia de desenvolvimento para o território e as  empresas, tentando dar um cunho mais atual à feira e debater temas como o ambiente, a  sustentabilidade e a transição digital. 

Concertos, espetáculos, mercado de produtos regionais, animação de rua, passeio equestre,  marchas populares, jogos tradicionais, tasquinhas e cicloturismo estão entre as atividades  previstas no decurso da FAFIPA.  

PUBLICIDADE

A edição de 2023 da Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e Artesanato, de entrada livre, vai integrar os nomes de Diogo Piçarra e Matias Damásio como cabeças de cartaz que atuam nos dias 9 e 10, respetivamente. Dia 11 será a vez d’ OS RED acompanhados da Sociedade Filarmónica  Alvaiazerense de Santa Cecília estarem em palco evidenciando a vitalidade desta associação que  celebra o centenário este ano. 

Terá ainda lugar o Duo Nova Onda e Sara Santini, no dia de abertura; John Mitchell e o DJ Hugo  Rafael no dia 10; O Duo D’Arromba e a fechar o DJ Salito no dia 11; dia 12 a atuação das Marchas  Populares, seguida do Grupo Musical Só Ritmo. No dia 13 de junho, último dia do certame e  feriado municipal, está prevista uma sessão solene, seguida de atuação de Ranchos Folclóricos.  

O Presidente João Paulo Guerreiro considera que “A Feira além de evidenciar o potencial  concelhio, contribui para incentivá-lo no sentido do seu crescimento qualitativo e quantitativo. É  também uma forma de mostrar o empenho da Câmara Municipal no desenvolvimento económico  de Alvaiázere.

A edição do ano passado da Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e Artesanato marcou  um virar de página, fazendo por reforçar as tradições do concelho, tornando-a num evento único  e autónomo do Festival Gastronómico do Chícharo. 

Este ano vamos, novamente, separar os dois eventos e teremos dois focos de atração, um mais  focado para o tecido económico que é a FAFIPA, e outro mais virado para o património, a cultura  e gastronomia, o Festival do Chícharo. Temos de saber valorizar as nossas raízes, tradições, a  vontade das pessoas, e cumprir com o desígnio explanado no meu manifesto eleitoral. 

A Feira, ao longo dos dias da sua realização, atrai vários milhares de visitantes, vindos de todo o  país. Estes visitantes fazem compras e efetuam despesas, contribuindo, assim, para o  desenvolvimento da economia local.  

A atração de pessoas para participarem em eventos como a FAPIPA ou para usufruírem do  potencial turístico é um dos objetivos estratégicos do Município. Temos dado passos significativos  nesta estratégia, que queremos reforçar continuamente.  

Além da mostra e venda de produtos a FAPIPA 2023 tem um programa lúdico e cultural de grande  interesse. Vamos continuar, tudo fazendo para que a FAPIPA continue a crescer e a afirmar  Alvaiázere. “

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com