Conecte-se connosco

Mundo

Explosão de camião-cisterna no Haiti faz pelo menos 50 mortos

Publicado

em

Pelo menos 50 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas na sequência da explosão de um camião-cisterna na região norte do Haiti, segundo um balanço provisório avançado hoje pelas autoridades locais.

“Constatei no local que entre 50 e 54 pessoas morreram carbonizadas. É impossível identificá-las”, declarou o vice-autarca de Cabo Haitiano (norte), Patrick Almonor, citado pela agência noticiosa France-Presse (AFP).

Cerca de 20 casas na área também pegaram fogo após a explosão, segundo Almonor, o que aumenta os receios de um balanço mais pesado de mortos e feridos.

“Ainda não podemos dar mais detalhes sobre o número de vítimas dentro das casas”, afirmou o representante.

A explosão ocorreu no final da noite de segunda-feira, segundo informou o primeiro-ministro haitiano, Ariel Henry, numa mensagem na rede social Twitter, citada pela agência de notícias Associated Press (AP).

“Serão decretados três dias de luto nacional em todo o território, em memória das vítimas desta tragédia que faz sofrer toda a nação haitiana”, afirmou o primeiro-ministro haitiano, declarando-se devastado pelo incidente.

Ariel Henry disse ainda que o Governo do Haiti, o país mais pobre do hemisfério ocidental, está a erguer hospitais de campanha na área para ajudar as pessoas afetadas pelo incidente.

De acordo com a AP, o camião-cisterna transportava gasolina.

O jornal haitiano Le Nouvelliste noticiou que dezenas de pessoas foram hospitalizadas na sequência da explosão e que os hospitais locais estão a tentar angariar meios e apoios médicos.

A explosão ocorre num momento em que o Haiti enfrenta uma grave escassez de combustível e um aumento significativo do preço do gás.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link