Conecte-se connosco

Desporto

Euro2020: França é a seleção que Cristiano Ronaldo mais vezes defrontou sem marcar

Publicado

em

A França é a seleção que Cristiano Ronaldo mais vezes defrontou sem ter marcado qualquer golo, o que aconteceu em seis ocasiões, coincidentes com os derradeiros seis embates entre a seleção portuguesa de futebol e a gaulesa.

Dos 107 golos marcados ao serviço da formação das ‘quinas’, nenhum deles aconteceu face aos ‘blues’, que Ronaldo só venceu uma vez, mas já sem estar, há muito, dentro do campo, na final do campeonato da Europa de 2016.

Em Saint-Denis, em 10 de julho de 2016, Éder ‘ofereceu’ a única vitória a Ronaldo sobre a seleção gaulesa, depois de três derrotas e antes dos recentes embates para a Liga das Nações, saldados por um empate e mais um desaire.

Cristiano Ronaldo defrontou pela primeira vez a França num dos jogos mais importantes da história da seleção das ‘quinas’, que, em 05 de julho de 2006, defrontou os gauleses nas meias-finais do campeonato do Mundo.

Na segunda – e até agora última – presença nessa fase da principal competição de seleções, 40 anos depois do feito dos ‘magriços’, Portugal perdeu por 1-0 com os gauleses, culpa de um penálti de Zidane, após falta escusada de Ricardo Carvalho.

O então jogador do Manchester United, de 21 anos, jogou os 90 minutos, mas não conseguiu fazer a diferença, nem ele nem Figo, Deco, Maniche, Pauleta, Simão ou Hélder Postiga.

Depois de uma estreia de ‘fogo’, os dois encontros seguintes com os gauleses aconteceram em particulares e, por isso, Ronaldo nem os concluiu.

Em 11 de outubro de 2014, em Saint-Denis, foi substituído por João Mário, aos 76 minutos, com Portugal a perder por 2-0 – golos de Karim Benzema e Paul Pogba -, num jogo em que Ricardo Quaresma acabou por reduzir sobre o fim… de penálti.

No ano seguinte, em 04 de setembro, em Alvalade, saiu ainda mais cedo, aos 68 minutos, dando o lugar a Ricardo Quaresma, pelo que assistiu de fora ao tento da vitória gaulesa, por 1-0, selado por Mathieu Valbuena, aos 85.

O quarto jogo de Ronaldo com a França aconteceu na final do Euro2016 e se a histórica acabou bem para o ‘capitão’ luso, com Éder a ‘oferecer-lhe’ o ‘caneco’, teve, pelo contrário, um início dramático, com uma lesão, provocada por uma entrada ‘feia’ de Dimitri Payet, que o obrigou a sair aos 25 minutos.

No começo da presente temporada, já em plena ‘era’ covid-19, Cristiano Ronaldo esteve a ‘full time’ nos dois jogos com a França para o Grupo 3 da Liga A da Liga dos Nações, mas foram mais 180 minutos em ‘vão’, sem qualquer golo.

Portugal empatou a zero no regresso a Saint-Denis, em 11 de outubro, e perdeu por 1-0 na Luz, em 14 de novembro, culpa de um tento de N’Golo Kanté.

No total, Cristiano Ronaldo soma seis jogos e 439 minutos face à França sem qualquer golo apontado, sendo os ‘blues’ uma das nove seleções que defrontou mais do que uma vez e às quais nunca faturou.

As outras formações são Albânia (quatro), Brasil e Inglaterra (três) e Cabo Verde, Itália, Liechtenstein, República da Irlanda e Turquia (dois), numa lista que deixou de incluir, desde sábado, a Alemanha, à qual marcou à quinta tentativa.

Ronaldo, de 36 anos, também nunca faturou a África do Sul, Angola, Argélia, Áustria, Bulgária, Canadá, Chile, China, Costa do Marfim, Estados Unidos, Geórgia, Macedónia do Norte, México, Moçambique, Noruega e Uruguai, mas só tentou uma vez.

No total, frente a um total de 68 seleções, o atual jogador da Juventus não marcou a 25 seleções e faturou a 43, com destaque para os sete a Lituânia e Suécia e os seis a Andorra, Luxemburgo e Hungria, face à qual ‘bisou’ na estreia no Euro2020.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link