Estufa Grande do Jardim Botânico vai abrir ao público. Só não se sabe quando…

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 21-11-2017

A Estufa Grande do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC), que foi requalificada, vai abrir ao público dentro de alguns meses, disse hoje o diretor da instituição, António Carmo Gouveia.

PUBLICIDADE

estufa_premio

O responsável falava aos jornalistas à margem da sessão de apresentação, hoje, da exposição itinerante do projeto ‘Arqueologia em Portugal – Recuperar o passado’, relativo a 2016, que está patente ao público no Terraço Júlio Henriques, no JBUC, até 03 de dezembro.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

António Gouveia não adiantou pormenores sobre a abertura ao público da Estufa Grande, cuja reabilitação ficou concluída este ano, nem sobre a data a partir da qual receberá visitas do público.

PUBLICIDADE

A exposição itinerante, concebida para ficar patente ao ar livre, dá a conhecer algumas das 1.400 intervenções arqueológicas realizadas em Portugal durante o ano de 2016, entre as quais a reabilitação da Estufa Grande do Jardim Botânico de Coimbra, distinguida, no âmbito do projeto, como “um exemplo de boas práticas”.

Durante a mesma sessão, as arqueólogas Sónia Filipe e Sara Almeida detiveram-se sobre as estratégias, metodologias e resultados da intervenção realizada na Estufa Grande, de acordo com projeto do arquiteto João Mendes Ribeiro.

A Estufa Grande do JBUC, que começou a ser construída em 1859 (o Jardim foi criado em 1772), é “um dos mais antigos edifícios da arquitetura do ferro em Portugal”, conjugando de forma “perfeita” o ferro e o vidro, conferindo-lhe uma beleza invulgar.

Albergando essencialmente plantas tropicais e subtropicais, a estufa está dividida em três secções, que “reproduzem climas tropicais, subtropicais e temperados”, possuindo “uma grande diversidade de espécies, das quais se destacam orquídeas, plantas carnívoras, árvores tropicais e fetos”.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE