Desporto

Estudantes de Coimbra rejeitam Fundação Universidade de Coimbra

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 20-04-2017
A Associação Académica de Coimbra (AAC)  rejeitou ontem, na maior Assembleia Magna da história recente, a adesão da Universidade de Coimbra (UC) ao Regime Fundacional e aprovou o início do processo reivindicativo pela revisão do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES) por mais representatividade estudantil nos órgãos das Universidades.
Alexandre Amado no topo do Cortejo da Festa das Latas

Alexandre Amado no topo do Cortejo da Festa das Latas

A AAC celebrou os 48 anos do 17 de abril de 1969 com uma Assembleia Magna nos Jardins, cujo tema principal em debate foi o regime fundacional e que contou com a participação de quase meio milhar de estudantes.

Na moção apresentada pela Direção-Geral da AAC, aprovada por larga maioria,rejeita-se a o regime fundacional e exige-sea revisão do RJIES.

PUBLICIDADE

Nas palavras do Presidente da AAC, Alexandre Amado, “impõe-se devolver a voz aos estudantes na governação das Instituições de Ensino Superior e criar condições democráticas para a verdadeira autonomia universitária”.
No âmbito da campanha “Universidade nas Tuas Mãos”, a AAC vai assim promover um abaixo-assinado contra a adesão da UC do Regime Fundacional  dirigido a toda a comunidade académica – estudantes, professores, funcionários.
Simultaneamente, a AAC irá solicitar reuniões com todos os grupos parlamentares da Assembleia da República com o objetivo de forçar a revisão do RJIES e participará na manifestação do dia 25 de Abril, em Coimbra, com uma mensagem pela democraticidade do Ensino Superior, reivindicando a alteração desta Lei.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com