Conecte-se connosco

Universidade

Estudante da Universidade de Coimbra vence Prémio Francisco Tavares Rosa

Publicado

em

Bruna Coelho, aluna do Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), e membro da rede de pesquisa internacional Sci-Tech Asia, venceu o Prémio Francisco Tavares Rosa com um ensaio sobre o transtorno mental na sociedade portuguesa.

Instituído pela família de Francisco Tavares Rosa, o prémio é promovido pelo Departamento de Antropologia da Escola de Ciências Sociais e Humanas do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) e visa distinguir anualmente trabalhos na área científica da Antropologia sobre o transtorno mental em Portugal.

O prémio distingue trabalhos de estudantes, «individuais ou coletivos, de todos os ciclos de formação em Antropologia de instituições de ensino portuguesas, que incidam sobre o transtorno mental na sociedade portuguesa».

No trabalho vencedor da edição deste ano, intitulado “Uma Imagem Vale Mais que Mil Palavras: Utilização de Brain Imaging em Livros de Autoajuda”, Bruna Coelho explora o papel das Brain Images produzidas por tecnologias de imagem digital na atribuição de autoridade aos discursos presentes nos livros de autoajuda.

Bruna Coelho está atualmente a desenvolver um projeto de mestrado de antropologia social-cultural na FCTUC sob a orientação do docente Gonçalo D. Santos, designado: “Public Toilets in the Feminine: Portuguese Female Users’ Perspectives on Public Toilets and the International Movement Calling for Adoption of Gender Norms”.

A cerimónia de atribuição do prémio realiza-se hoje, 30 de abril, às 18 horas, em formato online, através da plataforma Zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/85947486273?pwd=MTByWVJ5VjhvZ01QQUlEZWRJYkNyZz09.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade