Crimes

Está tudo bem!

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 23-06-2014

NDC em directo da Sala 2 do Palácio da Justiça de Coimbra no julgamento da inspectora da Polícia Judiciária matar a avó do marido.

PUBLICIDADE

Ana Saltão, a arguida chega ao Palácio da Justiça de Coimbra acompanhada pelo marido Carlos Coelho, neto da talhante assassinada com 14 de tiros disparados por uma Glock.

Este casal de inspectores da PJ apresenta-se de mão dada. Dão um beijo antes da arguida entrar na sala de audiências, onde minutos depois ele começa a ser ouvido como testemunha.

PUBLICIDADE

Recordamos que Carlos Almeida, assistente neste processo, filho da vitima, declarou neste tribunal que o sobrinha lhe tinha dito que a mulher era a assassina da avó, afirmação que também terá feito a José Cardoso, o seu colega  de Coimbra (com quem estagiou) que conduziu a investigação que chegou a levar a arguida à prisão preventiva.

Em actualização

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE