Conecte-se connosco

Lazer

Espírito do Natal Serrano regressa à Pampilhosa da Serra

Publicado

em

O município da Pampilhosa da Serra, no interior do distrito de Coimbra, retoma em dezembro o Natal Serrano, um evento que procura recriar o mais autêntico espírito natalício, em que não há lugar para o Pai Natal.

“A nossa aposta é na recriação do Natal genuinamente serrano, em que não existe a figura recente do Pai Natal, com a família à volta da lareira, o presépio, as filhós e o sapato na lareira”, explicou o presidente da autarquia, Jorge Custódio.

A sexta edição do Natal Serrano, que não se realizava desde 2019, vai decorrer de 07 a 11 e de 16 a 18 de dezembro no Mercado Municipal da Pampilhosa da Serra, num ambiente em que também convivem artesãos, produtos endógenos e gastronómicos, como é o caso da filhó espichada.

Esta iguaria serrana vai ser confecionada ao vivo durante o certame em oito espaços diferentes, dinamizados por cada uma das Juntas de Freguesia do concelho, e a receita obtida reverte para a Santa Casa da Misericórdia da Pampilhosa da Serra e a Associação de Solidariedade Social de Dornelas do Zêzere.

A gastronomia tradicional vai estar sempre presente no evento, com instituições do concelho a venderem sopa feita em panelas de ferro e a tibornada de bacalhau, “num espírito o mais tradicional possível”.

“Quem vier à Pampilhosa da Serra vai encontrar um cenário único, com as ruas cobertas de mato, como era antigamente, recriação de casas antigas e uma eira da brincadeira para as crianças, onde não há computadores, tabletes, consolas de jogos, nem televisão”, disse Jorge Custódio.

Em alternativa, o autarca adiantou que as crianças, com a ajuda de um artesão, vão poder construir os seus próprios brinquedos e brincar da maneira que era noutros tempos.

Salientando que o concelho aposta nas ciências espaciais e na observação do céu, o presidente da Câmara pretende que os visitantes “sigam a estrela do presépio até ao tesouro da Pampilhosa da Serra”.

No caso de o céu estar nublado, a autarquia tem disponível no Natal Serrano um planetário móvel, com três sessões diárias, para as pessoas perceberam “o que é o céu”.

Durante todos os dias do certame a música popular tradicional vai estar sempre presente, com a participação de nomes como Augusto Canário, David Antunes e Jéssica Cipriano, além do Grupo dos Antigos Orfeanistas de Coimbra.

“O Natal Serrano é um Natal de tradições, de valorização dos costumes e dos saberes”, sintetizou Jorge Custódio.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com