Conecte-se connosco

Região

Escolas da Lousã voltam a “jogar” projeto de cidadania

Publicado

em

A Lousã terá, pelo terceiro ano consecutivo, atividades letivas com a “Academia MyPolis”, um projeto de cidadania onde os alunos são chamados a realizar ações concretas de cidadania na comunidade escolar e alargada, e a criar propostas de melhoria e transformação do território, que mais tarde executam e apresentam ao executivo da Câmara Municipal. 

Trata-se de um Projeto de “Gamificação”, uma metodologia de ensino do séc. XXI que usa elementos dos jogos de forma despertar interesse, aumentar a participação, desenvolver criatividade e autonomia, promover diálogo e resolver situações-problema. Através de jogos de computador e de plataformas digitais de participação, as crianças e jovens pensam e debatem sobre problemas locais, têm contacto com as várias formas de participação e aprendem a passar das ideias às ações. Após definirem as iniciativas a realizar, os alunos contribuem para a sua comunidade escolar e para o seu território, através da concretização das mesmas. 

Este projeto está alinhado com os Domínios de Educação para a Cidadania da Direção-Geral da Educação e com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e realiza-se através de uma Parceria Para o Impacto, com o trabalho conjunto de duas startups – a @SPOT Games e a @MyPolis.  

De referir ainda que a “Academia My Polis” vai ao encontro dos objetivos de um projeto que o município da Lousã integra no âmbito do URBACT, “Playful Paradigm II”, em conjunto com os municípios de Udine (Itália), Igualada (Espanha), Jelgava (Letónia) e Grosuplje (Eslovénia). 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade