Conecte-se connosco

Ensino

Escola Profissional da Mealhada com mais alunos e espaços

Publicado

em

O ano lectivo já começou na Escola Profissional Vasconcellos Lebre (EPVL), na Mealhada. Este ano, o 25.º da história da escola, iniciou-se com um número recorde de alunos, um maior número de turmas e a necessidade de ampliar os espaços da escola, tendo a solução encontrada sido a abertura de um pólo na vila termal do Luso.

mealhada

Duzentos e oitenta e um alunos, de treze turmas diferentes – onze de nível IV, com equivalência ao 12.º ano, e duas Vocacionais de nível básico, com equivalência ao 9.º ano – distribuídos por dez cursos e áreas de conhecimento diferenciados, iniciaram o seu percurso formativo na escola profissional da Mealhada.

“A escola, naturalmente, toda a comunidade escolar, vai ter de se adaptar a esta nova realidade, a de termos um extraordinário número de alunos”, afirma Nuno Castela Canilho, diretor da EPVL, que acrescenta: “Tudo vai correr bem, estamos preparados para todos os desafios!”. “Crescemos com sustentabilidade e isso é essencial”, declarou.

Numa altura em que a população escolar está a decrescer, como se explica um aumento do número de alunos nas escolas profissionais de uma maneira geral e na EPVL em especial? Uma pergunta que Nuno Castela Canilho respondeu numa tripla explicação: “Os alunos portugueses, as famílias e as empresas começam a voltar a perceber que a via profissionalizante do ensino é mais vantajosa porque é mais económica para as famílias – uma vez que é gratuita e subsidiada –, é mais capacitante – porque alia o conhecimento teórico à prática laboral – e não é limitativa, na medida em que o aluno pode continuar a acalentar o projecto de prosseguir estudos, apesar de poder entrar no mercado de trabalho imediatamente no fim do curso”. Por outro lado, prossegue o diretor-geral da EPVL, “Acreditamos que a notoriedade da EPVL se tenha assumido com o facto de termos um plano de actividades muito virado para o exterior – junto da comunidade e das empresas – e que isso tenha validado a ideia de a EPVL é, de facto “A Escola dos Profissionais”.

Para além de muitos alunos do concelho da Mealhada, pouco mais de metade, a EPVL acolhe um grande número de alunos dos concelhos limítrofes, de outros dos municípios da região, mas também de proveniências mais longínquas como Santa Comba Dão, Sever do Vouga, Porto, Gondomar, ou Ilha Terceira.  A muitos destes alunos de localidades mais distantes, bem como aos dezoito alunos da cooperação lusófona com os PALOP, a EPVL garante alojamento e alimentação.

O aumento do número de alunos levou a direcção da EPVL a lançar-se num novo desafio, o de abrir um novo polo na vila turística e termal do Luso. Este polo, que vai funcionar nos Antigos Escritórios da Sociedade das Aguas de Luso, estará especialmente vocacionado para a componente prática do currículo técnico dos cursos de Hotelaria e Turismo e de Restauração, na variante Mesa/Bar.

O princípio de descentralização da EPVL em pólos, para além do edifício sede, localizado na zona desportiva da Mealhada, já havia sido testado com a abertura do Restaurante Pedagógico “A Prova dos Novos”, na Pampilhosa.

A motivação dos colaboradores tem sido, também uma preocupação dos directores da EPVL, e nesse sentido – para além da formação regular – a escola tem promovido acções de lazer e team-building. Exemplo disso foi a descida de rio (no Mondego, de Penacova até à praia de Palheiros-Zorro) no passado dia 11 de Setembro, que culminou com um convívio com professores e funcionários.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link