Conecte-se connosco

Coimbra

Escola de Hotelaria de Coimbra lança projeto-piloto ’School lab Firm’ (com vídeo)

Publicado

em

Estudantes da turma de gestão e produção de cozinha da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra vão ser desafiados a resolver problemas nomeadamente relacionados com desperdício alimentar.

“A ideia começa por pegar numa turma-piloto, neste caso, a de gestão e produção de cozinha”, a Câmara de Condeixa selecionará “um ou dois restaurantes” que “devolvem desafios” aos nossos alunos, como, por exemplo, questões “associadas à pandemia ou a alteração de carta [ementa], algo que possa ser traduzido num programa de empreendedorismo”, explica Sandra Soares, da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra .

O protocolo relativo a esta iniciativa ainda não foi assinado, mas, tudo indica, contará com o envolvimento, além da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra e da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.

A iniciativa denominada “School lab firm” está prevista ser implementada a partir de setembro e visa ligar as empresas do setor aos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, permitindo uma formação em contexto real.

Esta é uma ação para o desenvolvimento de atividades de dinamização da escola Condeixa Foodlab.

“Este projeto é interessante, é um complemento às iniciativas direcionadas aos restaurantes, desde o manual de boas práticas como a formação em línguas estrangeiras”, pois “se queremos ser uma referência de turismo na região, temos de preparar a casa, pela sua base”, sustenta o presidente do município de Condeixa-a-Nova, Nuno Moita da Costa.

A ação pretende, através desta parceria, aproximar a comunidade escolar das empresas do setor e promover uma aprendizagem mais interativa do empreendedorismo, através do desenvolvimento de projetos em contexto real.

Através desta iniciativa, a Escola de Hotelaria tem o papel de apoiar os alunos no desenvolvimento destes projetos, bem como, escolher os mentores de acordo com a especificidade de cada um.

Esta atividade durará dois semestres, com a apresentação semanal dos resultados à empresa/restaurante desafiador e no final, o trabalho será entregue ao empresário.

A CIM da Região de Coimbra é constituída pelos 17 municípios que integram o distrito de Coimbra – Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares – e pelos municípios da Mealhada e de Mortágua, nos distritos de Aveiro e de Viseu, respetivamente.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link