Conecte-se connosco

Ensino

Escola Beira Aguieira acusa Sindicato dos Professores de Má Fé

Publicado

em

A Gerência e Direção da EBA – Formação Profissional, Lda, (Escola Beira Aguieira) face às notícias vindas a público, veiculadas, segundo o estabelecimento,  “essencialmente por elementos do SPRC”,  emitiu um comunicado para  “esclarecer e repor a verdade dos factos”.

A EBA recorda que “Foi convocada uma greve entre os dias 9 e 13 de Fevereiro”, face à qual entendeu a Direcção da Escola, comunicar aos Formandos e respetivas Famílias que as aulas estariam suspensas neste período, em consequência da imprevisibilidade da adesão à convocatória de greve e que poderia determinar impossibilidade de um correcto e normal funcionamento da Formação e Cantinas.

Segundo a Escola,  aderiram à greve 16 de 37 funcionários e acrescenta que  “As razões que determinam o atraso salarial, em tempo devidamente explicadas ao próprio SPRC e aos Funcionários, relaciona-se com atrasos de financiamento do ano em curso, e a situação já existente desde anos transactos, onde a EBA foi penalizada por cortes substanciais motivados pelo cumprimento do Código da Contratação Pública”.

Neste ponto em concreto, esclarece,  que ao contrário do que diz o SPRC,  “não há nem nunca houve qualquer promiscuidade entre quaisquer empresas e a Escola, acontecendo que as Escolas Profissionais em todo o País foram englobadas naquela obrigatoriedade a partir de 2012 ( o que passou a acontecer na EBA ) e, apesar de forte contestação, o Estado entendeu aplicar retroatividade a 2008, sendo assim o assunto completamente alheio a qualquer prestação de serviços, aliás inexistente nessa altura”

A EBA considera “de má fé, as afirmações de responsável do SPRC, que aliás apenas contribuem para o agravamento da situação da Instituição”.

Segundo a gerência, “Apesar de hoje, dia 10 de Fevereiro, apenas se manterem em greve, 3 funcionários, a Gerência e Direção entendem que só determinarão o fim da suspensão da actividade lectiva, quando a greve for formalmente desconvocada”.

A Gerência e a Direção da EBA conclui manifestando “a sua firme determinação na continuidade deste Projeto Educativo”.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com