Conecte-se connosco

Destaque

Enfermeiros do hospital de Cantanhede exigem pagamento da dívida de 40 mil euros

Publicado

em

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses tornou hoje público que exigiu à administração do Hospital João Crisóstomo, em Cantanhede, o pagamento de uma “dívida para com os enfermeiros em cerca de 40 mil euros num universo de cerca de 20 enfermeiros”.
 
Segundo o SEP, o montante decorre do “processo de descongelamento das progressões, no âmbito da Administração Pública em 2018, aos enfermeiros a quem foram atribuídos pontos que tiveram como consequência a mudança de posições remuneratórias na tabela salarial da carreira de enfermagem”.

No entanto, até à presente data -revelam-  o hospital de Cantanhede está em  dívida para com os profissionais que admitem no comunicado que a “administração refere ter já solicitado por diversas vezes à tutela um reforço financeiro para obviar esta dívida, sem obter qualquer resposta”.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) realça que “o reconhecimento profissional dos enfermeiros não passa por palavra vazias de conteúdo nem por palmas, mas sim por resolver aquilo que lhes é devido a seu tempo, seja no pagamento desta dívida, seja num rol de outros e inúmeros problemas com que estão confrontados e que o Governo e o Ministério da Saúde teima em não resolver”.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com