Conecte-se connosco

Região

Empresários estudam navegabilidade do Mondego entre Coimbra e Figueira da Foz

Publicado

em

A Associação Empresarial da Região de Coimbra (NERC) reuniu com o presidente do município da Figueira da Foz para discutir a possibilidade de tornar navegável o rio Mondego, entre Coimbra e a Figueira da Foz.

A reunião decorreu na sexta-feira, entre a direção da NERC e o presidente da Câmara da Figueira da Foz, Pedro Santana Lopes, refere a associação empresarial num comunicado hoje divulgado.

Nessa reunião foi dado a conhecer um projeto estratégico para garantir a navegabilidade do Mondego, desde a Figueira da Foz até Coimbra, assegurando uma candidatura ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) ou no Programa Operacional Regional do Centro (Centro 2030).

A ideia é “valorizar o turismo e as atividades económicas ligadas ao mar e ao rio Mondego”, lê-se na nota de imprensa enviada à agência Lusa.

A NERC disponibilizou a sua estrutura associativa, no âmbito da rede da Associação Industrial Portuguesa (AIP), para projetos em parceria e para se poderem “mobilizar projetos estruturantes para o desenvolvimento da Figueira da Foz e da região de Coimbra”.

Na mesma reunião foram dadas a conhecer as posições da NERC relativas à visão estratégica do programa Centro 2030.

A associação empresarial considera urgente mobilizar para a região a “atração de investimento nacional e estrangeiro, através da criação de uma agência de promoção económica, a reestruturação do porto da Figueira da Foz, bem como a ligação do porto marítimo da Figueira da Foz ao porto seco logístico Souselas/ Pampilhosa”, concluiu a nota.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link