Conecte-se connosco

Destaque

Empresa de Coimbra Stratio levanta 12 milhões de dólares para escalar expansão global e duplicar equipa

Publicado

em

A Stratio, plataforma líder mundial de manutenção preditiva de frotas em tempo real, lançada em Coimbra em 2017, anunciou hoje uma ronda de investimento Séries A de 12 milhões de dólares para acelerar a sua expansão, aumentar a capacidade de I&D e duplicar a equipa até ao final de 2022.

O investimento foi liderado pela Forestay Capital, o braço Deep Tech e SaaS Venture Capital da Waypoint Capital, e contou com a participação dos anteriores investidores Crane Venture Partners

A empresa já tem presença nas principais regiões do globo: Europa, América do Norte, América Latina e Ásia e entra assim numa nova fase de crescimento global, pretendendo desenvolver ainda mais a plataforma já reconhecida pelas maiores empresas de transportes do mundo e recrutar mais de 60 pessoas. 

A Stratio tem vindo a conquistar algumas das maiores empresas de transportes do mundo e oferece a plataforma mais robusta e inovadora de manutenção preditiva de frotas em tempo real utilizando Inteligência Artificial (IA). Atualmente, a empresa tem a sua tecnologia implementada em 5 das 10 maiores empresas de transporte do mundo, tendo os veículos por si equipados com a sua tecnologia transportado até hoje 1,3 mil milhões de pessoas. 

A manutenção preditiva de frotas baseada em Inteligência Artificial da Stratio evita que centenas de milhares de avarias aconteçam todos os dias, poupando milhões de pessoas do incómodo de atrasos nos transportes públicos, entregas de mercadorias ou chegada tardia de bens essenciais. O tempo de inatividade torna-se um problema crítico para as frotas responsáveis pelo transporte de pessoas, alimentos ou medicamentos. Hospitais, farmácias ou supermercados são apenas alguns exemplos de negócios que dependem fortemente de serviços de transporte fiáveis.

A receita recorrente anual da empresa (ARR) cresceu 2700% desde a ronda inicial de investimento, tendo a empresa investido uma média de 65% do seu orçamento em investigação e desenvolvimento nesse mesmo período. 

Aproveitando os dados gerados pelos veículos e usando inteligência aumentada, a Stratio fornece informação crítica em tempo real através de uma plataforma que recolhe, analisa e indica quando é expectável que a próxima avaria aconteça. O seu sistema de explainable IA permite aos operadores e gestores de frotas compreender facilmente as razões por detrás de cada possível avaria, evitando a manutenção reativa quando um veículo é obrigado a parar. O resultado é um transporte de qualidade, mais confiável, e mais acessível a milhões de pessoas.

“Temos o produto mais disruptivo a nível mundial para a indústria dos transportes. Com este investimento queremos atrair engenheiros de diferentes áreas para continuar esse desenvolvimento, contribuindo assim para eliminar os tempos de paragens forçadas que afetam a economia global e a vida das pessoas a cada dia. A manutenção preditiva da frota em tempo real da Stratio significa maior qualidade e transporte público mais barato, entregas dentro do prazo, ao mesmo tempo em que conseguimos tornar o transporte mais sustentável”, explicam os cofundadores da Stratio, Ricardo Margalho, CEO e Rui Sales, Presidente. “A tecnologia da Stratio está a capacitar os operadores de frotas em todo o mundo, fornecendo-lhes a plataforma mais abrangente e fácil de usar neste espaço. Acreditamos que esta tecnologia estará em breve disponível para todos os veículos em todo o mundo e que permitirá um futuro sem paragens forçadas que irá mudar o transporte como o conhecemos, sem excluir o impacto ambiental positivo que geramos”.

A Stratio tem clientes nas regiões EMEA, EUA, LATAM e APAC, e expandiu a sua presença para mercados estratégicos como América do Norte, Austrália, Brasil e México. Alguns dos seus principais clientes incluem nomes como a Arriva, Keolis, RATP Dev, Go-Ahead, ComfortDelGro, Ford Trucks e muitos outros.

As frotas que utilizam a tecnologia do Stratio circulam o globo 20 vezes por dia enquanto a plataforma processa mais de 5 mil milhões de dados.

“A tecnologia do Stratio fascinou-nos desde o início. Não só estão muito avançados em termos de recolha e análise de dados – que virtualmente lhes permitem trabalhar com qualquer frota em todo o mundo – como também têm vindo a crescer a um ritmo incrível”, explica Frederic Wohlwend, Administrador da Forestay. “O investimento em investigação e desenvolvimento ao longo dos últimos anos faz deles líderes nesta indústria e estão muito bem posicionados para escalar massivamente uma tecnologia que tem ramificações em toda a economia global e certamente terá impacto na forma como tudo se move no planeta. Estamos entusiasmados com a parceria com o Ricardo Margalho e o Rui Sales, e com o resto da talentosa equipa da Stratio neste próximo capítulo do seu crescimento”.

A combinação de processamento em larga escala, sistema autónomo de IA e coletores de dados compatíveis com qualquer veículo permite que as empresas possam tirar o máximo  proveito dos dados. A combinação de IA e IoT (Internet of Things) resulta num sistema  que se alimenta continuamente e melhora automaticamente sem ser necessária qualquer intervenção humana. Ao fornecer uma visão em tempo real de possíveis falhas nos veículos, a Stratio oferece uma solução para eliminar os tempos de inatividade e consequentemente impactar positivamente os serviços de transporte dos quais as pessoas dependem, reduzindo custos e melhorando a qualidade do serviço. 

A tecnologia da Stratio tem também um grande impacto na transição para emissões zero das empresas de transporte. A transição para uma frota totalmente elétrica requer o dobro do investimento quando comparado com a compra de um veículo normal de combustão interna. Para justificar o retorno associado ao dispendioso investimento inicial, os serviços de transporte devem operar os veículos de forma contínua e mais horas por dia, quando comparados com as frotas tradicionais. A manutenção preditiva torna-se assim na peça crítica para manter os veículos fora da oficina e na estrada, permitindo a viabilidade económica que é necessária para a adopção generalizada de veículos com emissões zero.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade