Conecte-se connosco

Lazer

Ego no Teatro da Cerca de São Bernardo

Publicado

em

No ano em que se comemora o centésimo aniversário do lançamento da Revista Orpheu, do qual Fernando Pessoa foi um dos colaboradores, a marionet estreia em Portugal a peça “Ego”, de Carl Djerassi, inspirada na heteronímia do poeta português. O espectáculo cumpre uma temporada de duas semanas no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, já a partir desta quarta-feira.unnamed

Stephen Marx, um escritor de sucesso, decide forjar a sua própria morte para poder ler os seus obituários, obcecado por conhecer a “verdadeira” opinião dos críticos relativamente a si e à sua obra. Inspirado por Fernando Pessoa e pelos os seus heterónimos, decide criar um novo alter ego literário com a finalidade de descobrir se consegue obter o sucesso a partir do desconhecimento público, apenas pelo valor da sua escrita.

Carl Djerassi, recentemente falecido, foi um cientista e escritor que se celebrizou no mundo da ciência pelo papel fundamental que teve na invenção da pílula anti-concepcional feminina nos anos 60 do século XX. Nos últimos anos da sua vida, dedicou-se à escrita de ficção e peças teatrais. Entre outras obras, é autor da peça “Cálculo”, que a marionet apresentou em 2011, no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.
O grupo de Coimbra, cujo percurso artístico se tem distinguido pela exploração das relações entre arte e ciência, regressa agora à obra deste autor, em circunstâncias especiais: Djerassi comissionou a produção da peça à marionet, tendo em conta o seu grande interesse em vê-la representada em português e em Portugal.

Com tradução e encenação de Mário Montenegro e um elenco que junta, para além do director da marionet, os actores Joana Macias e Paulo Guerreiro, o espectáculo estreia a 8 de Abril e mantém-se em cena até 19 de Abril, com espectáculos de quarta a sábado à noite e aos domingos à tarde.

Nos dias 12 e 19 de Abril, terão lugar dois debates após o espectáculo, no bar do Teatro, sobre a obra dramática de Djerassi e sobre a influência de Fernando Pessoa nesta peça. Entre os convidados estarão, na primeira destas conversas, o actor e encenador Júlio Cardoso, o químico e professor da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Manuel João Monte e Dale Djerassi, produtor cinematográfico e filho do autor. No segundo debate participarão António Apolinário Lourenço e José Luís Pio Abreu, respectivamente professores das Faculdades de Letras e de Medicina da Universidade de Coimbra.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link