Portugal

“É insuportável viver assim”. Inquilino agride senhorio a murro

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 2 meses atrás em 21-02-2024

Imagem: Depositphotos.com

Um homem, de 64 anos, proprietário de duas habitações em Enxofreira, no concelho de Tomar, foi alegadamente agredido pelo inquilino, com cerca de 60 anos, na manhã do dia 20 de fevereiro.

PUBLICIDADE

Tudo começou quando há quatro anos o homem arrendou a casa ao lado da sua a um casal estrangeiro, indica o Tomar na Rede.

Com o contrato de arrendamento a terminar nos próximos meses, têm-se agravado as ameaças, vandalismo e agressões por parte do inquilino que acusa o senhorio de lhe roubar água e eletricidade. Mas, a casa arrendada tem contadores e instalação elétrica e de água independentes.

PUBLICIDADE

publicidade

Outro ponto da discórdia são os anexos da casa que garante não estarem abrangidos pelo contrato. O inquilino é suspeito de danificar fechaduras e outros objetos.

Na manhã do dia de ontem, o senhorio deslocou-se para ir buscar ferramentas ao barracão anexo e foi agredido com um murro na face. Pouco depois, ao sair de casa para despejar o lixo, o agressor dirigiu-se pela segunda vez ao homem a insistir que lhe roubava água da rede e voltou a agredi-lo com dois murros na boca, pode ler-se.

PUBLICIDADE

O proprietário teve de receber tratamento hospitalar.

“Isto é insuportável viver assim. Eu quero estar em paz”, desabafa o senhorio que teme pela sua integridade física.

Familiares referem que a situação é inadmissível e um atentado contra a dignidade humana.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE