Conecte-se connosco

Coimbra

Drone da PSP vai controlar entradas no Rally em Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

Dentro de uma semana Coimbra vai receber a Super Especial do Rally de Portugal, em Santa Clara, mas ainda são muitas as dúvidas sobre as restrições que vão ser aplicadas no local da prova. O Notícias de Coimbra questionou a Câmara Municipal e ficou a saber que os estabelecimentos vão estar abertos, sem limites no que respeita às vendas de produtos e com os horários normais de funcionamento. Além disso, será permitida a circulação de peões, numa zona com lotação limitada controlada através de um drone da Polícia de Segurança Pública. 

O Rally foi apresentado há duas semanas, em Coimbra e a Super Especial Urbana está marcada para 19 de maio. O NDC mostrou-lhe em primeira mão o percurso que os pilotos vão fazer na cidade, onde vão estar as bancadas e quanto custam os bilhetes para ir ver a prova (entre 30 a 125 euros). Mas afinal, que restrições vão existir no local? 

As incertezas ainda são muitas e os comerciantes da avenida João das Regras, onde vai ser a partida e decorrer grande parte da prova, mostram-se apreensivos. O NDC questionou o município sobre os limites que vão ser impostos.  “Os estabelecimentos vão estar abertos, com a condicionante de funcionarem sem esplanadas”, respondeu fonte oficial da Câmara de Coimbra, acrescentando que “não existirão restrições no horário normal de funcionamento dos estabelecimentos” nem “qualquer restrição à venda de produtos por parte dos comerciantes”. 

Então e quem não tem bilhete pode circular a pé? A Câmara diz que sim. “É permitida a circulação de peões na zona, com um controlo da lotação através de um drone da PSP”, refere. Caso se verifique “excesso de lotação”,  as entradas e saídas da zona pedonal serão controladas também pela PSP, acrescenta. 

Além das bancadas pagas, foram anunciadas pelo vereador do Desporto da Câmara de Coimbra, Carlos Lopes, zonas gratuitas para que “quem não tem possibilidades financeiras não deixe de ver o Rally”. Mas onde serão essas zonas?

“As zonas designadas de peão (gratuitas para o público) serão dedicadas na margem esquerda do rio (na Avenida Conímbriga e na Praça do Convento São Francisco”, informa a autarquia. “Quanto à capacidade, mais uma vez será controlada através de um drone da PSP, e, caso seja esse o entendimento da autoridade de segurança, serão encerrados os acessos”. E como se pode ter acesso a elas? “Nas zonas de peão não existe reserva de lugar e não têm de ser portadores de bilhete”, assegura o município. Por isso, o melhor mesmo é ir cedo para garantir lugar. 

A Câmara de Coimbra garante que “uma equipa da Divisão de Desporto tem andando, há cerca de uma semana, no local a falar com os comerciantes e os moradores” e que “a partir de hoje, uma equipa multidisciplinar da autarquia volta à zona para prestar novos esclarecimentos aos comerciantes e aos moradores”. Sublinha ainda que “para esclarecimento de dúvidas e qualquer questão relacionada com a logística do evento, relembramos que a Câmara Municipal de Coimbra disponibiliza duas vias de contacto: através do número de telefone 239 796 626 (a funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h30) e ainda através do e-mail [email protected].

A cerimónia de abertura da Super Especial de Coimbra, a primeira de três previstas para a 55ª edição do Vodafone Rally de Portugal, está marcada para as 18:55. A primeira viatura, de um total de 100, arranca às 19:03 e a última às 23:55. Mas as atividades no âmbito da prova começam logo de manhã com a prova de Clássicos Desportivos. Destaque também para o desfile de viaturas “WRC 50 anos” previsto para as 18:00. 

Veja os diretos NDC com alguns comerciantes da Avenida João das Regras:

 

 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link