Política

Diz que já percebeu quem será o seu futuro adversário

Notícias de Coimbra | 2 meses atrás em 01-03-2024

O secretário-geral do PS afirmou hoje que já percebeu que o ex-primeiro-ministro Passos Coelho será seu futuro adversário e pediu que “Deus nos livre” de o “número um” da AD por Santarém ser ministro da Agricultura.

PUBLICIDADE

Pedro Nuno Santos falava no final de um comício que encheu o auditório do Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco.

Um discurso em que criticou “os barões” que estão presentes nos comícios da Aliança Democrática (AD), entre eles o antigo chefe de Governo Durão Barroso, a quem acusou de ter abandonado o país em 2004 para assumir em Bruxelas as funções de presidente da Comissão Europeia.

PUBLICIDADE

publicidade

Mas Pedro Nuno Santos começou por se referir a quem o líder da AD tem convidado para falar nos seus comícios em campanha eleitoral. De acordo com o secretário-geral do PS, se o presidente do PSD, Luís Montenegro, se “gaba” da sua equipa, “então que assuma aquilo que cada um deles diz” nos comícios.

“Quem convidou Pedro Passos Coelho para um comício não fomos nós e, obviamente, não podemos fazer esquecer aquilo que se passou no tempo em que governou. Não vou perder tempo. Já percebemos que será nosso futuro adversário”, declarou.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE