Conecte-se connosco

Coimbra

Diocese de Coimbra escolhe quatro patronos para Jornada Mundial da Juventude 2023

Publicado

em

A Diocese de Coimbra escolheu quatro patronos no âmbito da Jornada Mundial da Juventude(JMJ) Lisboa 2023. São eles a Rainha Santa Isabel, São Teotónio, Santo Agostinho e Santo António.

“Cada um deles justifica-se pela ligação direta à cidade/diocese e pelo estímulo que podem ser para cada jovem nesta peregrinação até à JMJ Lisboa 2023″, explica o Comité Organizador Diocesano (COD) de Coimbra, numa nota enviada ao NDC. 

Dos quatro patronos só Santo Agostinho não viveu na cidade de Coimbra, mas é o padroeiro da diocese, explica o COD. “A cada um dos patronos tentamos encontrar características que possam surgir como provocações aos jovens de hoje”, refere.

Rainha Santa Isabel foi “uma mulher atenta aos outros, sobretudo aos mais necessitados, comprometida com a sociedade procurando a paz e a reconciliação. São Teotónio, “assumiu a condição existencial de peregrino, quis conhecer a Terra Santa e deixou-se transformar por essa experiência, era um homem de silêncio, oração e de contemplação. Já Santo Agostinho foi “um buscador de Deus, um estudante empenhado e dedicado, um homem que procurou a verdade e o sentido mais profundo da vida; que se encontrou com Deus e que passou da indiferença à conversão”. E, por fim, Santo António foi “empenhado no estudo e no gosto pela Sagrada Escritura” e “descobriu nas dificuldades momentos de graça e de presença de Deus”, dedicando “uma vida inteira movida pelo desejo da missão e evangelização”.

“Nestas quatro vidas queremos representar homens e mulheres, leigos e consagrados, contemplativos e missionários, preocupações académicas e sociais, santos e pecadores”, justifica o COD de Coimbra.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link