Conecte-se connosco

Coimbra

DesUnião de Coimbra?

Publicado

em

A Comissão que pretende (re)fundar o União de Coimbra afirma que, “não obstante o mandato que lhe foi conferido e legitimado por mais de 200 sócios e simpatizantes do União de Coimbra, em reunião de 5 de Março”, “se vê impossibilitada, não só de pôr em prática as decisões já tomadas e que urge colocar no terreno, como também acompanhar atentamente todos os aspetos relacionados com o clube”.

A

No entanto, a recém-formada comissão de gestão continua a envidar todos os esforços para criar uma nova realidade no clube.

A Comissão não refere o que está a impossibilitar o seu trabalho, mas Notícias de Coimbra sabe que existem grandes divergências com Carlos Félix, que nos últimos anos tem assumido as rédeas do poder no falido União de Coimbra.

Das reuniões já efetuadas têm nascido algumas ideias para consolidar os propósitos iniciais desta comissão, afirmam em comunicado enviado a NDC.

A criação de vários departamentos que assegurem uma melhor organização do clube e uma campanha de angariação de novos sócios, são alguns dos pontos que estiveram na sua agenda de trabalhos.

A comissão acrescenta que “o reforço de conversações com alguns parceiros institucionais tem servido para alicerçar os objetivos da comissão. Paralelamente está também em curso o registo do novo nome para o clube”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade