Conecte-se connosco

Coimbra

Desinfecção do IPO de Coimbra garante segurança dos utentes

Publicado

em

O Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil, EPE, em Coimbra, foi alvo de uma acção de desinfecção, como forma de prevenir a propagação do novo coronavírus e dar mais segurança aos utentes e colaboradores desta instituição. 

   

A desinfecção foi realizada pela empresa Anticimex, numa iniciativa pro-bono, e abrangeu o espaço exterior (numa área aproximada de 5.138 m2) e algumas áreas interiores dos edifícios onde se concentra maior número de pessoas.

“A Anticimex demonstrou uma enorme responsabilidade social e um grande gesto de solidariedade para com o IPO de Coimbra, procedendo à desinfecção das nossas instalações de forma gratuita”, afirma Margarida Ornelas, Presidente do Conselho de Administração do IPO de Coimbra. 

O serviço de desinfecção foi realizado por uma equipa técnica especializada, através da metodologia de nebulização e com recurso a um desinfetante de reconhecida ação virucida e de baixa toxicidade para os humanos, particularmente recomendado para a aplicação em todas as zonas afetas à saúde pública, nomeadamente lares de 3ª idade.

“Nesta crise de saúde sem precedentes, estamos conscientes da importância do nosso papel enquanto serviço essencial”, afirma Paulo Coelho, Diretor Geral da Anticimex. “Portugal vive um momento único, em que o papel e a responsabilidade social das empresas são vitais. Este é o dever que assumimos enquanto empresa responsável e que se enquadra perfeitamente com a nossa missão de prevenir e proteger a sociedade”, acrescenta.

A Anticimex é uma multinacional sueca, fundada em 1934 e especializada no Serviço de Desinfeção, Controlo de Pragas, Higiene e Segurança Alimentar. Opera em 18 países por todo o mundo. 

A Anticimex opera em Portugal desde 2013, sendo a única empresa do setor a prestar serviços em qualquer região do país, incluindo nos Arquipélagos da Madeira e dos Açores. Possui atualmente 6 delegações e mais de 100 colaboradores, sendo referência no setor nacional para Serviços de Desinfeção e Controlo de Pragas. Em 2019 teve um crescimento de 27% atingindo uma faturação de 6 milhões de euros.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link