Desporto

“Custos da insularidade”: Nacional e Santa Clara podem subir à I Liga, União em risco de descida.

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 03-05-2018

 

PUBLICIDADE

As equipas insulares podem ser as grandes protagonistas da 37.ª e penúltima jornada da II Liga portuguesa de futebol, já que o Nacional e o Santa Clara podem subir e o União de Madeira descer.

PUBLICIDADE

O Nacional só depende de si próprio, bastando-lhe vencer em Arouca, no domingo, enquanto, para o Santa Clara a situação é mais complexa, pois os açorianos precisam de vencer na receção ao lanterna-vermelha Real Massamá, que a Académica perca, na receção ao Cova da Piedade, e o Penafiel não ganhe, em casa com o Académico de Viseu.

Após 36 rondas, o Nacional lidera, com 67 pontos, contra 63 de Académica e Santa Clara e 61 do Penafiel. Matematicamente, ainda estão na corrida ao segundo lugar o Arouca e o Académico de Viseu, sendo que as suas possibilidades são diminutas.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

De momento, a Académica é segunda classificada, mas só porque, até à penúltima ronda a tabela é ordenada pela diferença total de golos e não pelo confronto direto, que favorece o Santa Clara e é o primeiro critério de desempate no final.

Desta forma, e além do Nacional, o Santa Clara, que ganhou 3-1 na receção à Académica e por 1-0 em Coimbra, é a única equipa que só depende de si própria, de um triunfo na receção ao Real e, a fechar, na ronda 38, outro em Viseu, face ao Académico.

Quanto às contas da despromoção, já uma realidade para Real Massamá, Gil Vicente, à espera do regresso na ‘secretaria’ à Liga, e Sporting B, que anunciou a extinção da equipa secundária, o União tem de ganhar para não ficar dependente de outros.

A formação madeirense soma 41 pontos e, como tal, ainda pode alcançar Cova da Piedade e Benfica B, que somam 45, e Sporting de Braga B, Oliveirense e Sporting da Covilhã, todos com 43.

Na ronda 37, o União da Madeira recebe o Varzim, o Sporting de Braga B é anfitrião do Benfica B, a Oliveirense joga no recinto do Leixões, o Sporting da Covilhã em Barcelos, com o Gil Vicente, e o Cova da Piedade em Coimbra.

Se a formação madeirense perder, é despromovida se Sporting de Braga B e Oliveirense ganharem e o Sporting da Covilhã conseguir pelo menos um ponto, enquanto se empatar, só cairá se os três vencerem os seus embates.

No caso de ganhar o seu compromisso, o União da Madeira adiará para a última ronda, na qual visita o Cova da Piedade, a decisão sobre a permanência.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE