Conecte-se connosco

Lazer

“CRISE DE 69: O ano em que sonhámos perigosamente” no Convento São Francisco

Publicado

em

“CRISE DE 69: O ano em que sonhámos perigosamente” é um projeto de teatro criado por Ricardo Correia, com produção da Casa da Esquina. Este projeto decorre em forma de visita guiada, percorrendo uma linha de tempo instalada nos espaços do Convento São Francisco, em Coimbra.

Nessa linha de tempo o público é convidado a descobrir a cronologia da história oficial da Crise Académica de 1969, cruzando-se com a cronologia da história subjetiva. “E nessa interseção vamos à procura do que ficou por dizer. Do que está entrelinhas”, explica a Casa da Esquina em comunicado.

A partir de testemunhos de vários historiadores que se debruçaram sobre esta temática, a Casa da Esquina testou, tal como um fotógrafo, encontrar diferentes ângulos para analisar o que ficou registado nos 50 anos que celebram a Crise Académica de 1969.

Ao analisar como ocorre a transmissão da memória da Crise Académica de 1969, pretende-se que essa memória seja transmitida a outros, e com isso mantê-la viva e luminosa para as gerações futuras, esclarece a produtora.

Esta criação de Ricardo Correia contou com a colaboração de Sofia Coelho e Joana Corker. Numa produção da Casa da Esquina, e encomenda da Câmara Municipal de Coimbra/Convento São Francisco.

“CRISE DE 69: O ano em que sonhámos perigosamente” decorre em vários espaços do Convento São Francisco,

No dia 12 de outubro, duas sessões de teatro, às 11:00 e 15:00, para escolas e grupos de outras instituições. No dia 13 de outubro, pelas 15:00, novamente para escolas e grupos de outras instituições, e às 21:30 destinado ao público em geral. No dia 16 de outubro com duas sessões para o público em geral, às 17:00 e 21:30.

O espetáculo é destinado a maiores de 6 anos, e tem uma duração de 65 minutos.

Os preços variam entre os 5 euros para o bilhete geral, o bilhete família a 8 euros, e bilhete até aos 12 anos, maiores de 65 anos e grupos a partir de 10 pessoas com um valor de 3 euros.

Os bilhetes estão disponíveis aqui

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link