Coimbra

Crianças de jardins-de-infância criam exposição sobre peças de museu de Coimbra

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 07-06-2018

 A exposição ‘Vem daí ao Museu!’, que resulta do trabalho desenvolvido no Museu Nacional Machado de Castro (MNMC), em Coimbra, por mais de uma centena de crianças de quatro jardins-de-infância da cidade, é inaugurada na sexta-feira.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Testemunhando a vivência com o Cavaleiro Medieval, o Retábulo da Natividade, a Berlinda e outras descobertas das crianças dos quatro jardins-de-infância envolvidos no projeto, a exposição de expressão plástica será inaugurada às 18:00, com uma sessão que integra, designadamente, “um breve momento de jogo dramático”, feito por crianças do jardim-de-infância do Centro Social Cultural 25 de Abril.

PUBLICIDADE

publicidade

Os outros estabelecimentos de educação pré-escolar envolvidos no projeto ‘O jardim-de-infância à descoberta do MNMC – Vem daí ao Museu’ são os jardins-de-infância de Solum Sul (Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro), da Quinta das Flores (Agrupamento de Escolas Coimbra Sul) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra.

“Na convicção de que, nesta faixa etária, a educação artística e o conhecimento do património cultural produz efeitos duradouros ao marcar precocemente a formação das crianças” e que “o envolvimento das famílias pode vir a repercutir-se na adoção de novos comportamentos de convívio com múltiplas manifestações culturais”, o MNMC e Liga de Amigos do MNMC “desafiaram cinco educadores de infância a desenvolverem o projeto ‘Vem daí ao Museu’”.

PUBLICIDADE

As 110 crianças envolvidas no projeto, distribuídas em vários grupos, fizeram, durante o ano letivo, diversas visitas aos diferentes espaços do Museu, para escolherem uma peça e, “numa constante descoberta de outras peças, itinerários e convívio com os funcionários”, criaram “uma nova relação” com o MNMC e com o património cultural”, referem os promotores do projeto.

“Na assunção do verdadeiro espírito do Ano Europeu do Património”, que se assinala em 2018, esta exposição de expressão plástica resulta essencialmente da nova forma destas 110 crianças verem e se relacionarem com o Museu, a partir, designadamente, da peça que escolheram como sua.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com